Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

07 Dezembro de 2017 | 16h31 - Actualizado em 08 Dezembro de 2017 | 07h55

Governante reconhece sector privado como parceiro incontornável do Executivo

Luanda - Os centros de formação privados são um importante e incontornáveis parceiros do Executivo e fazem parte do sistema nacional de formação profissional, afirmou hoje (quinta-feira), em Luanda, o ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Jesus Maiato.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministro Jesus Faria Maiato

Foto: Angop

O titular da pasta, que falava durante a cerimónia de encerramento do ciclo formativo 2017, frisou que com o objectivo de proporcionar melhor articulação e acompanhamento da actividade, o Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP) vai desenvolver acções que visam registar os centros de formação privados que exercem actividades sem a competente licença.

“Propor legislação para a sua classificação, em função das condições físicas e técnicas, que apresentam bem como adoptar medidas de simplificação no processo de obtenção das licenças“, sublinhou.

O governante lançou o repto às empresas públicas e privadas em apostar na mão de obra nacional qualificada, de forma a dar oportunidade de emprego aos cidadãos recém formados através de estágios profissionais e assinaturas de contratos de aprendizagem nos termos previstos da Lei Geral do Trabalho vigente.

Sublinhou ainda que apostar no capital humano não é um custo, mais sim um investimento.

Jesus Maiato apelou aos formados a colocarem a disciplina, a ordem, assiduidade, pontualidade e a obediência como base do sucesso laboral e quiçá da verdadeira integração social.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 21/03/2018 19:59:04

    CNJ vai descentralizar programa "Projovem"

    Luanda - O Conselho Nacional da Juventude (CNJ) vai descentralizar o programa "Projovem" para outras províncias do país, deu a conhecer hoje (quarta-feira), em Luanda, o seu presidente, António Francisco Mateus.

  • 21/03/2018 18:27:47

    UNICEF celebra em Luanda o Dia Mundial Água

    Luanda - O Dia Mundial da Água vai ser celebrado em Luanda quinta feira, pelo UNICEF, para, no âmbito da efeméride, aproveitar a ocasião a fim de tratar da importância do acesso à água potável e como a água pode alterar o destino das crianças angolanas, dá a conhecer hoje (quarta-feira) uma nota do organismo, a que a Angop teve acesso.

  • 19/03/2018 21:25:58

    Angola: China doa dois milhões de dólares a refugiados da RDC

    Luanda - A China doou dois milhões de dólares para ajudar os refugiados da República Democrática do Congo, estacionados no campo de Lóvua, na província angolana da Lunda Norte, soube hoje a Angop, em Luanda, de fonte diplomática chinesa.

  • 16/03/2018 19:22:34

    CNJ adia tertúlia com deputados da Assembleia Nacional

    Luanda - O Conselho Nacional de Juventude (CNJ) informa aos líderes das associações juvenis, conselho provincial e municipal de Juventude e demais jovens, que a tertúlia com os deputados da Assembleia Nacional, sobre a proposta de Lei de repatriamento de capital angolano no exterior, marcado para hoje (sexta-feira) foi adiada "sine die".