Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

07 Dezembro de 2017 | 21h38 - Actualizado em 08 Dezembro de 2017 | 21h40

Huambo: Mulheres marcham em repúdio à violência doméstica

Caála - Uma marcha de repúdio aos actos de violência doméstica foi realizada hoje, quinta-feira, na cidade da Caála, município com o mesmo nome, na província do Huambo, por mulheres de distintos estratos da sociedade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Marcha Contra´à Violência Domestica

Foto: Angop

Inserida no encerramento dos 16 dias de activismo contra a violência doméstica, a marcha percorreu as principais artérias da urbe, com finalidade de chamar atenção da sociedade acerca das consequências da violência doméstica.

No final, em declarações à Angop, a directora da repartição dos assuntos sociais, Emília Nunes Catarino, disse que esta iniciativa é, também, uma acção concreta de combate a este mal que assola muitas famílias.

No município da Caála, segundo ela, os actos de violência doméstica têm como principais vitimas as crianças, mulheres e idosas, ocorrendo, na maioria das vezes, em zonas rurais e no seio da família.

A título de exemplo, informou que entre Janeiro e Novembro deste ano foram registados 193 actos do género, caracterizados por ofensas corporais, morais, falta de assistência aos filhos, abandono de esposa, separação de cônjuges e a falta de prestação de alimentos.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também