Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

21 Abril de 2017 | 04h49 - Actualizado em 21 Abril de 2017 | 04h48

Uíge: Núncio Apostólico encoraja seguir exemplo de apóstolos

Uíge - O Núncio Apostólico de Angola e S. Tomé, Dom Petar Rajic, encorajou quinta-feira, na cidade do Negage, os sacerdotes da sua igreja a tomar um coração novo seguindo o exemplo dos Apóstolos com vista a serem auxílio e misericórdia para os que sofrem na sociedade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Na sua homilia durante a missa que celebrou para sacerdotes e irmãs consagradas na igreja de S. José Operário, cidade do Negage, Dom Rajic afirmou que encorajados pelo testemunho dos Apóstolos e mártires da igreja primitiva, nunca terão medo de dar suas vidas de todo o coração ao Senhor da Messe, que veio para servir e não para ser servido.

Para si, é importante trabalharem para o bem, sem medidas e distinção do rebanho que o Senhor colocou à disposição de cada um.

“Devemos nos lembrar sempre que o sacerdócio não é, em primeiro lugar, algo que fazemos, mas alguém que somos. Não é um troféu ganho. Trata-se de uma relação íntima e verdadeira com a videira que é Cristo”, recordou.

“Como sacerdotes, embora somos fracos e limitados, por meio da imposição das mãos e da oração de ordenação somos dispensadores a misericórdia de tais bens celestes”, sublinhou.

Na oportunidade, baseando-se numa das homilias do Papa Francisco, recordou os presentes a privilegiar o povo cristão com a sua realidade, seu dia a dia para que possam sentir-se bem ao lado dos sucessores de Pedro.

O prelado pediu  aos sacerdotes a necessidade de darem bom testemunho, para que os jovens chamados pelo Senhor sigam o seu exemplo e não tenham medo de responder ao chamamento de Deus.

Para o bispo do Uíge, Dom Emílio Sumbelelo, o momento seriviu para apresentar os seus colaboradores, quer dos sacerdotes diocesanos como religiosas e das irmãs consagradas.

Participaram da missa bispos, arcebispos da CEAST, sacerdotes, religiosas, catequistas e fiéis de diversas comunidades da cidade do Negage.

Leia também
  • 19/03/2018 21:46:41

    Mais de 300 mil registos efectuados nos últimos sete anos na província

    Uíge - Trezentos e setenta e cinco mil novecentos e noventa registos foram efectuados, nos últimos sete anos, na província do Uíge, pela delegação provincial do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos.

  • 19/03/2018 21:43:07

    Registo de nascimento vai contar com concurso de parteiras e autoridades tradicionais

    Uíge - O registo de nascimento de crianças no país vai contar, dentro em breve, com o concurso das parteiras e autoridades tradicionais, anunciou hoje, nesta cidade, o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz.

  • 19/03/2018 19:19:51

    Manifestações de carinho e de reconhecimento marcam dia do pai

    Luanda - Diversas manifestações de carinho, amor e reconhecimento do empenho dos pais nas mais múltiplas frentes em beneficio aos educandos e conselhos aos que se furtam no cumprimento de seus deveres, como de prestação de alimentos, marcaram hoje, segunda-feira, a passagem do dia do pai.

  • 19/03/2018 17:51:20

    Mucaba regista redução de casos de violências doméstica

    Uíge - Dois casos de violências domésticos foram registados de Janeiro a Fevereiro deste ano, no município de Mucaba, 61 quilómetros a norte da cidade do Uíge, contra oito de igual período anterior, informou hoje (segunda-feira) à Angop, a responsável local do sector da família, Luísa Victor.