Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

19 Maio de 2017 | 15h51 - Actualizado em 19 Maio de 2017 | 16h31

Cuanza Norte: Novo comandante da policia aposta no policiamento de proximidade

Quiculungo - O novo comandante da Polícia Nacional no município de Quiculungo, província do Cuanza Norte, intendente António Pereira Manuel António, defendeu quinta-feira, na vila com o mesmo nome, a aposta no policiamento de proximidade, visando a redução da criminalidade na circunscrição.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

António Pereira Manuel António fez esta constatação em declarações à Angop, à margem da cerimónia de sua apresentação como novo responsável da corporação no município, justificando a sua aposta neste modelo, por ser um dos que estabelece a parceria entre a Polícia Nacional e os cidadãos com a finalidade da prevenção de actos delituosos nas comunidades.

Referiu que na sua nova missão dará continuidade ao trabalho deixado pelo seu antecessor, corrigir o que está mal e melhorar o que está bem, na base das orientações emanadas pelo órgão superior da corporação.

Assegurou que o município de Quiculungo é um dos menos delituosos a nível da província, graças ao empenho e dedicação dos agentes policiais e pretende manter ou baixar ainda mais os mesmos índices.

Pediu a colaboração das autoridades tradicionais e à população no combate à criminalidade, denunciando os cidadãos envolvidos em actos de delinquência.

O Intendente António Pereira Manuel António, substituiu no cargo o superintendente Agostinho Chigica, que passou a reforma, cuja cerimónia de apresentação foi orientada pelo chefe do Gabinete de Inspecção do Comando Provincial do órgão, superintendente Vasco Conde.

O município de Quiculungo, situado a 136 quilómetros da cidade de Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, tem uma população estimada em 10 mil e 60 habitantes, distribuída em 30 aldeias e quatro zonas peri-urbanas.

Leia também
  • 20/03/2018 17:32:51

    Rio Cambongo transborda e deixa casas nos combatentes alagadas

    Sumbe - Moradores do Bairro dos Antigos Combatentes, na periferia da cidade do Sumbe (Cuanza Sul), têm hoje (terça-feira) as suas casas alagadas, devido ao transbordo do rio Cambongo, afectando pelo menos duas mil e cinco mil pressoas.

  • 20/03/2018 16:11:19

    Defendida reactivação dos centros de reabilitação física do país

    Ndalatando - A reactivação da actividade dos centros de reabilitação física do país, foi defendida hoje, terça-feira, pelo director do Gabinete Provincial do Cuanza Norte dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Guilherme Sebastião Neto, para garantir assistência aos deficientes de guerra que dela necessitam.

  • 20/03/2018 15:24:25

    Destacado contributo da sociedade civil na socialização dos reclusos

    Ndalatando - O contributo da sociedade civil na moralização e socialização para a reintegração dos reclusos do Estabelecimento Prisional do Cuanza Norte foi destacado, hoje, terça-feira, em Ndalatando, pelo director da mesma instituição, superintende prisional chefe, José Manuel Teixeira, durante o acto das comemorações do 39º aniversário do órgão.

  • 20/03/2018 14:56:13

    Falta de água canalizada aumenta riscos de afogamentos em cacimbas

    Ndalatando - Os riscos de afogamentos, principalmente de crianças, em cacimbas onde a população retira a água para o consumo está a aumentar, em alguns bairros da cidade de Ndalatando, devido à falta de água canalizada nessas zonas, fez saber hoje (terça-feira) o porta-voz do comando provincial do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, André da Costa.