Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

14 Setembro de 2017 | 16h39 - Actualizado em 14 Setembro de 2017 | 16h39

Malanje: Polícia regista 41 crimes nos últimos sete dias

Malanje - Quarenta e um crimes de natureza diversa (menos um), com destaque para furtos e roubos, foram registados pela Polícia Nacional (PN) em Malanje, nos municípios Sede, Mucari, Calandula, Massango, Cacuso, Cahombo, Marimba e Luquembo, de 5 a 12 do corrente mês.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Dos crimes, de acordo com o relatório da situação operativa semanal da PN, chegado  à Angop hoje, quinta-feira, dos crimes, destaca-se 16 contra pessoas, 20 contra propriedade e cinco contra a ordem e tranquilidade públicas, com a detenção de 37 cidadãos como presumíveis autores.

Por outro lado, foram também registados 16 acidentes de viação e 1 ferroviário, que causaram 4 mortos, 13 feridos e danos materiais por se avaliar, sendo o excesso de velocidade, travessia descuidada de peões, ultrapassagem irregular e falta de prudência consideradas as prováveis causas dos mesmos.

O documento refere ainda que no âmbito do reordenamento do trânsito, foram aplicadas a automobilistas 108 multas, bem como apreendidos 62 ciclomotores, 19 motociclos simples, 6 viaturas, 29 cartas de condução, 27 livretes, 11 títulos de registo de propriedade e 9 verbetes, por irregularidades no trânsito, das quais 29 foram já pagas no valor de 306 mil e794 kwanzas arrecadados para os cofres do Estado.

Enquanto isso, o SIC (Serviço de Investigação Criminal) realizou 13 micro-operações nos municípios de Malanje, Cacuso e Calandula, que permitiram o cumprimento de 11 mandados de captura, tendo detido 18 elementos como presumíveis autores de vários crimes como homicídio voluntário, roubos qualificados, furto doméstico de valores monetários, ofensas corporais com recurso a objectos cortantes, entre outros.

Já o SME (Serviço de Migração e Estrangeiros) realizou no período em balanço, várias acções de fiscalização que resultaram na retenção de dez cidadãos estrangeiros, dos quais sete da República Democrática do Congo, três do Tchad e dois angolanos por auxílio à imigração ilegal.

Entretanto, o Serviço de Protecção Civil e Bombeiros registou nove ocorrências, com destaque para três extinções de incêndios de pequena proporção que afectaram uma vegetação, bomba de combustível e cabos eléctricos da ENDE, causados por curto-circuitos e fogo posto, tendo provocado danos materiais estimados em 310 mil kwanzas.

Consta ainda dos registos dos Serviços de Bombeiros, socorro de dois cidadãos que foram transportados para o Hospital Regional de Malanje, dos quais um em consequência de acidente de viação e outro por patologia não identificada, bem como o resgate de dois cadáveres de cidadãos não identificados, vítimas de um acidente de viação ocorrido na estrada nacional 230, no troço que liga a comuna de Xandel a sede municipal do Quela.

Leia também
  • 14/09/2017 12:34:29

    Cuanza Norte: OPA promove plano gigante com crianças

    Ndalatando -Trezentas crianças de diferentes escolas do ensino primário e do I ciclo do município do Cazengo, província do Cuanza Norte, participarão sábado, numa actividade gigante de rua numa promoção da Organização do Pioneiro Angolano (OPA), no âmbito do 17 de Setembro, Dia do Herói Nacional.

  • 14/09/2017 10:50:39

    Cuanza Norte: Polícia Nacional regista 41 crimes em sete dias

    Ndalatando - Quarenta e um crimes foram notificados pelo comando provincial da Polícia Nacional no Cuanza Norte durante os últimos sete dias, mais dois comparativamente a igual período transacto, soube hoje, quinta-feira, à Angop.

  • 14/09/2017 10:24:58

    Cuanza Norte: Minars assiste famílias desalojadas pela chuva

    Ndalatando - Novecentas e 47 famílias desalojadas pela chuva em diversos municípios da província do Cuanza Norte durante o I semestre do ano em curso beneficiaram de apoio da Direcção Provincial da Assistência e Reinserção Social, em bens de primeira necessidade e material de construção.