Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

06 Outubro de 2017 | 14h42 - Actualizado em 06 Outubro de 2017 | 16h54

Portugal: OMA aconselha mulheres contínuo investimento na formação

Lisboa (Da correspondente) - A representação da Organização da Mulher Angolana (OMA) em Portugal aconselha as mulheres a continuarem a inverstir na sua formação, para estarem, cada vez mais, capacitadas a exercer cargos de direcção.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Secretária da OMA em Portugal, Ana Vasconcelos

Foto: Cedida

Em declarações à Angop, hoje, sexta-feira,  em Lisboa, no quadro do encerramento das actividades do mês do herói nacional, a secretária da OMA naquele país luso, Ana Vasconcelos, informou que a sua organização vai continuar a trabalhar com as mulheres no sentido de incentivá-las a aumentar os seus conhecimentos e mostrar o que elas são capazes de fazer.    

Segundo ela, a organização pretende que as mulheres tornem-se cada vez mais visíveis perante a sociedade e mostrem o que são capazes.      

“Falar da mulher é uma causa bastante nobre e ainda infelizmente apesar de estarmos no século XXI ainda há muita coisa a corrigir, existe muita segregação do ponto de vista sexual, a discriminação tem a ver com o facto de sermos mulheres e ainda não somos totalmente aceites em certas e determinadas áreas”, referiu.  

Para si, a intenção da organização é trabalhar com as mulheres no sentido de dar a conhecer o seu próprio valor.

Referiu ainda que têm realizado encontros em que são abordados vários temas como a prostituição e violência doméstica.

Assuntos OMA   Sociedade  

Leia também
  • 21/03/2018 14:35:43

    Unicef destaca programa de registo logo a nascença

    Uíge - O representante do Unicef em Angola, Abubakar Sultan, considerou hoje, quarta-feira, nesta cidade, que o programa " Nascer com registo", do Ministério da Justiça, é uma importante estratégia inovadora que visa salvaguardar o direito da criança obter um registo e uma identidade logo à nascença.

  • 21/03/2018 14:31:07

    Programa "Nascer com Registo" prevê atingir 180 postos informatizados

    Uíge - O programa "Nascer com Registo", do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, que prevê a interligação das maternidades e as unidades de saúde às Conservatórias de Registo Civil, por meio de um sistema informatizado, prevê atingir, até o próximo ano, 180 postos.

  • 21/03/2018 12:59:10

    Membros do IAJ visitam Angop

    Luanda - Membros do Instituto Angolano da Juventude (IAJ) visitaram hoje, quarta-feira, em Luanda, a Agência Angola Press (Angop) onde trataram assuntos de cooperação.

  • 21/03/2018 11:22:47

    Associação expande rede de combate contra as drogas

    Luena - A expansão e o engajamento de novos membros da sociedade na rede de combate contra as drogas no Moxico são entre outras as prioridades do novo secretário da ANLD (Associação local de Luta contra as drogas), Herman Miji, eleito hoje, quarta-feira, no Luena.