Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Outubro de 2017 | 18h17 - Actualizado em 13 Outubro de 2017 | 14h05

Angola: Réplica da imagem de Fátima passa por algumas ruas de Luanda

Luanda - Uma procissão foi preparada para permitir que a réplica da imagem de Nossa Senhora de Fátima seja venerada pelos seus devotos e fiéis católicos, após a sua chegada no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, proveniente do Santuário de Fátima, Portugal.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Estátua de Nossa senhora de Fátima (Arquivo)

Foto: Lino Guimaraes

Numa conferência de imprensa, realizada hoje, na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima (Ex-São Domingos), o porta-voz dos Frades Menores Capuchinhos de Angola e membro da comissão organizadora,Firmino Kakulo, indicou como percursos a Avenida Revolução de Outubro, largos do Amor e Heroínas, Hochi Min, largo da Independência, Avenida Deolinda Rodrigues, rua Senado da Câmara e termino no local do acolhimento da réplica (Paróquia de Fátima).

Salientou que sob o lema "A exemplo de frei Maiato, Nossa Senhora de Fátima hoje e sempre ", de 14 a 17 do mês corrente, vão ser promovidas várias actividades, missas diárias (pelas crianças, jovens, adultos, ambos da catequese, para os doentes, acto penitencial, confissões, angelus e recitação do terço).

Na sequência, de18 a 23, serão realizadas missas pela família, vocações, juventude, reza do terço, procissão, missa solene, que será celebrada pelo Bispo Filomeno Vieira Dias, tarde cultural e feira, bem como celebração de despedida da réplica, que será presidida pelo bispo emérito de Luanda, Dom Anastácio Kanhango.

Segundo, frei Firmino Kakulo, a actividade vai revestir-se de sublime importância, visto que será um momento para voltarem a homenagear o frei Benjamim José Maiato,  devoto de Maria, falecido em Maio do ano corrente em Portugal, bem como celebrar o centenário das aparições de Nossa Senhora de Fátima.

Para suporte do evento, devido ao elevado número de fiéis que espera-se acorrerem ao local, informou que foram já notificados a Polícia Nacional, o Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, entre outros organismos.

A imagem regressa no dia 24 para Portugal.

Nossa Senhora de Fátima (ou formalmente Nossa Senhora do Rosário de Fátima) é uma das inovações marianas atribuídas à Virgem Maria e que surgiu com base nos relatos das aparições reportadas por três pastorinhos (Lúcia, Francisco e Jacinta) no lugar da Cova da Iria, na freguesia de Fátima, em Portugal.

De acordo com os testemunhos das três crianças videntes de Nossa Senhora, a primeira aparição da Virgem Maria terá ocorrido no dia 13 de Maio de 1917 e o fenómeno repetiu-se durante seis meses seguidos, sempre no dia 13 (excepto no mês de Agosto, em que ocorreu a dia 19), até 13 de Outubro de 1917.

Leia também
  • 14/10/2017 04:19:14

    Momentos de emoção e oração marcam procissão da réplica de Fátima

    Luanda - Milhares de fiéis devotos receberam sexta-feira de forma emotiva a réplica da imagem de Nossa Senhora de Fátima, proveniente do Santuário de Nossa Senhora de Fátima, Portugal, para ser venerada pela segunda vez pelos religiosos católicas, no intuito de trazer alento aos crentes.

  • 13/10/2017 13:42:36

    JMPLA no Cazenga lança quarta edição do concurso Jovens de Mérito

    Cazenga - O secretariado da JMPLA, no município do Cazenga, em Luanda, procedeu, hoje, sexta-feira, ao lançamento da quarta edição do concurso "Jovens de Mérito", com o propósito de reconhecer o esforço empreendido pelos munícipes no trabalho que realizam nos mais variados domínios.

  • 12/10/2017 18:45:45

    Administração trava obras sem autorização em Viana

    Luanda - As autoridades administrativas do município de Viana, em Luanda, pretendem continuar demolir as residências em construção e outras obras erguidas sem autorização, licença de vedação, ou que não obedeçam as normas técnicas, no distrito urbano do Zango.