Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

13 Outubro de 2017 | 14h50 - Actualizado em 13 Outubro de 2017 | 14h50

Bié: Polícia detém jovem por interromper gravidez no Cunhinga

Cuito - Uma jovem de 18 anos de idade, de nome Juliana Jamba, que interrompeu uma gravidez de cinco meses, no município do Cunhinga, província do Bié, foi detida esta semana, pelos efectivos da Policia Nacional, fez saber hoje o chefe de Departamento de Comunicação e Impresna do Comando Provincial da corporação, inspector-chefe Profílio Evambi.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Chefe de Departamento de Comunicação e Imprensa da Polícia Nacional, Inspector-chefe Profílio Evambi

Foto: Bartolomeu do Nascimento

Ao falar à Angop, a fonte indicou que  atitude da jovem "viola as normas jurídicas do país",

Salientou que a suposta criminosa, a jovem Juliana Jamba foi detida pelo facto de ter interrompido uma gravidez, ao ingerir grandes quantidades de medicamentos, cometendo, deste modo, um crime de aborto, punível, de acordo com a lei do país.

Juliana Jamba confessou o crime à Polícia Nacional e segundo relato de Profílio Evambi, depois de ter interrompido a gravidez, deitou o feto numa latrina.

Sem revelar as causas que levaram a jovem a tal comportamento nocivo, afirmou que Juliana Jamba se encontra sob custódia do Serviço de Investigação Criminal, para ser processada criminalmente, junto do Ministério Público.

Assuntos Crime   Província » Bié  

Leia também