Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

30 Outubro de 2017 | 22h29 - Actualizado em 31 Outubro de 2017 | 12h42

Felicitações à ANGOP pelos 42 anos de existência

Huambo - A Agência Angola Press (Angop) tem contribuído na estabilidade social do país, graças ao brio e espírito de missão com que tem divulgado as noticias que emanam da conjuntura social, política e económica de Angola, reconheceu hoje o governador do Huambo, João Baptista Kussumua, numa mensagem de felicitações pelo 42º aniversário da instituição que hoje se assinala.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

De acordo com o governante, fruto deste desempenho, os cidadãos dominam o contexto evolutivo do país e do mundo.

Kussumua afirma que “este reflexo é visível graças ao rigor e ética jornalística que tem caracterizado os profissionais deste importante órgão de comunicação social”.

Disse ter consciência, das inúmeras dificuldades vivenciadas pelos órgãos de comunicação social, pelo que, encorajou a direcção e quadros da agência a continuarem fiéis a pauta de valores que alicerçam o jornalismo angolano, na certeza de que serão ultrapassadas as vicissitudes que ainda dificultam esta missão.

Por sua vez, o governo provincial do Namibe felicitou, num comunicado a Agência Angola Press, pelos 42 anos de existência.

O governo provincial do Namibe felicita os jornalistas, técnicos, trabalhadores administrativos da Angop encorajando-os a prosseguirem com determinação, zelo e dedicação, pautando pelas normas de ética e deontologia profissional respeitando o princípio do contraditório, informando com rigor, isenção e imparcialidade, na salvaguarda do bom nome dos cidadãos.

Já o governo da província da Lunda Norte considera excelente o trabalho desenvolvido pelos profissionais da Angop, em mensagem de felicitação pela passagem do 30 de Outubro, data que assinala o seu 42º aniversário.

Na mensagem, o governo da Lunda Norte enaltece e reconhece o trabalho que tem sido desenvolvido pela agência de notícias na divulgação dos esforços empreendidos pelo governo, seguindo passos para o desenvolvimento do país, em particular da província.

“Por este facto, aproveitamos o momento para renovar o nosso interesse em consolidar a parceria institucional que nos une, ao mesmo tempo que encorajamos a firmeza e o profissionalismo com que Agência Angola Press sempre encarou as suas tarefas e missões em prol da nação e, particularmente da província e seus habitantes,” lê-se na mensagem.

Por ocasião, o Governo da Província felicita a direcção da Angop, na Lunda Norte, jornalistas e demais trabalhadores, augurando pelo contínuo trabalho que visa contribuir para consolidação da unidade nacional e da democracia.

Encoraja os jornalistas no sentido de prosseguir com coragem a missão de informar sempre com mesmo empenho e dedicação.

Na mesma senda, o coordenador do projecto de música gospel, “Amangola”, Dala da Silva, enalteceu, na cidade do Uíge, o trabalho dos profissionais da única agência de notícias do país, na recolha, tratamento e divulgação dos principais acontecimentos da província e do país em geral.

Na ocasião, Dala da Silva, solicitou a criação de políticas para que a informação da Angop chegue até aos municípios onde ainda se regista a falta deste bem que é importante na vida da população.

O Comité Provincial do MPLA de Luanda felicita igualmente a ANGOP pela data, afirmando em mensagem que “aproveita o ensejo para encorajar o empenho e dedicação de continuar a primar pela manutenção de um serviço público de qualidade, no âmbito do seu honroso trabalho em prol da cidadania participativa”.

A congénere da Angop em São Tomé e Príncipe, STP- PRESS, juntou-se as felicitações.

Foi neste quadro que o director da Agência Noticiosa STP-Press, Ricardo Neto, em nome do órgão de comunicação social que administra destacou as relações de amizade e de cooperação existente entre as duas agências.

De igual modo o centro de imprensa Aníbal de Melo (CIAM) endereçou à administração da Angop felicitações ao mesmo tempo que reconhece o serviço prestado pela Agência Angola Press.

“É de reconhecer que ao longo de 42 anos a nossa única agencia de noticias tem desempenhado um papel preponderante junto dos órgãos de comunicação social, sobretudo servindo de suporte na disposição de informação2, referiu.

A ANGOP foi criada em Julho de 1975, com a denominação de Agência Nacional Angola Press (ANAP). No início, os seus trabalhos eram distribuídos sob a forma de boletim impresso, até que, no dia 30 de Outubro do mesmo ano, lançou o seu primeiro despacho telegráfico.

Anualmente, comemora-se, a 30 de Outubro, o aniversário da Agência.

A única agência de notícias do país tem como objectivo recolher, tratar e distribuir, em regime exclusivo, tanto em Angola, como no exterior, notícias com base numa informação objectiva sobre a actualidade nacional e internacional. 

Fornecer por ligação electrónica, Internet ou e-mail, directamente ou por outras vias previamente acordadas, notícias aos órgãos de informação nacionais e estrangeiros, na base dos compromissos para esse efeito assinados.  

Leia também