Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

16 Janeiro de 2018 | 18h04 - Actualizado em 16 Janeiro de 2018 | 18h04

Famílias evacuadas das zonas de risco recebem material de construção

Luena - Oito famílias, das 333 transferidas das zonas de risco para o bairro do KM5, a norte da cidade do Luena, começaram hoje (terça-feira) a receber parte do material de construção para erguer novas moradias.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Moxico:Administrador do Municipio do Moxico, Waldemar Salomão

Foto: kinda kyungu

Administração do Moxico entrega Chapas e outros meios às famílias evacuadas da zona de risco

Foto: kinda kyungu

Depois de entregar lotes de terrenos, a Administração Municipal do Moxico (sede) está a distribuir chapas de zinco, pregos e outro material. As primeiras oito famílias receberam hoje (terça-feira) 240 folhas de chapas de zinco.

O administrador municipal, Valdemar Salomão, justificou à Angop a priorização dos oito beneficiários, por serem os “mais críticos”, que vivem “bem ao lado da ravina” do bairro Aço, a mais temida. 

“Demos terrenos, chapas, pregos, pá, serrote, picareta e martelo a oito primeiras famílias que se encontravam à beira da ravina”, sustentou, prometendo, para Maio próximo, o apoio com outros bens, uma vez que ficaram sem nada.

A minimização dos problemas da aludida população será faseada, com os moradores do bairro Aço e Bomba a merecem prioridade, seguir-se-á a do 4 de Fevereiro e do Kuenha.

Apesar de catalogarem 333 famílias, o administrador tem consciência de que o número vai aumentar, em função da progressão das 14 ravinas que ameaçam destruir a cidade do Luena.

Prometeu efectuar uma campanha de sensibilização “porta-porta”, para incentivar as pessoas a abandonarem as zonas sinistradas.

Leia também
  • 05/02/2019 17:25:45

    Escolas de condução de Malanje sem equipamento multimédia

    Malanje - As escolas de condução da província de Malanje carecem de equipamento multimédia para as aulas e os exames teóricos de condução, sistema que facilita o trabalho dos instrutores, assim como garante mais destreza e conhecimento aos alunos.

  • 05/02/2019 16:06:23

    Militar das FAA morto a tiro na Matala

    Matala - Um militar das Forças Armadas Angolanas (FAA), de 37 de anos de idade, afecto ao Batalhão de Logística, foi morto a tiro, domingo (3), por meliantes ainda não identificados, no bairro Calumbiro, no município da Matala, província da Huíla.

  • 04/02/2019 22:16:51

    Associação planta mais de 600 árvores na Banga

    Banga - Pelo menos 650 espécies de árvores ornamentais e fruteiras foram plantadas esta segunda-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, numa acção da associação dos naturais e amigos da localidade, Anabanga.

  • 04/02/2019 17:52:09

    Serviços de saúde mais próximo dos habitantes de Ngola Luije

    Malanje - Um centro de saúde, com serviços de pediatria, medicina, pré-natal e parto, foi inaugurado hoje (segunda-feira), na comuna de Ngola Luije, município de Malanje, visando aproximar os serviços sanitários à população.