Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

25 Janeiro de 2018 | 17h09 - Actualizado em 25 Janeiro de 2018 | 17h09

Religiosos reafirmam parceria com Governo

Luena - Os representantes das igrejas cristãs sedeadas na província do Moxico manifestaram-se hoje (quinta-feira), no Luena, abertos em continuar a cooperar com o Governo Provincial, para a resolução dos problemas sociais que afectam a população.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Pastor da CICA, reverrendo Domingos Muenha José

Foto: Rafael Ndumbo

Governador da Província do Moxico, Gonçalves Manuel Muandumba

Foto: kinda kyungu

A vontade foi manifestada durante um encontro que os líderes eclesiásticos mantiveram com o governador provincial, Gonçalves Muandumba, no quadro da auscultação que o governante desenvolve.

Durante o encontro, o pastor da Igreja Missão Apostólica, Domingos José, referiu que as igrejas têm “consciência do importante papel” que desempenham para o bem-estar das sociedades.

Pediu que o Governo assuma o seu papel na legalização de muitas instituições religiosas que trabalham sem a devida licença.

Quem corrobora com a mesma opinião é o pastor da Igreja Missão Pentecostal, Alexandre Caiombo, que lamentou que possui até agora apenas 84 igrejas reconhecidas, que diz ser insuficientes para a moralização de milhares de pessoas e espera a legalização de outras mil e 200 congregações.

O representante da Igreja Metodista Episcopal, António Noegi, denunciou “haver muita burocracia” na compra e legalização de terrenos para desenvolver suas acções.

 “Por vezes não sabemos quem é o responsável da venda de terrenos. Pagamos à administração e, posteriormente, os sobas também vêm cobrar e vice-versa”, disse.

Sugeriu a introdução de disciplinas de ensino religioso no sistema escolar para contribuir no resgate de valores morais dos cidadãos.

Por sua vez, a representante da União das Igrejas Não-Reconhecidas, Sara Rodrigues, questionou quais as formas existentes para se erradicar o analfabetismo no país, numa altura em que milhares de crianças ficarão fora do sistema de ensino.

“Antigamente, mesmo sentando nas pedras e debaixo das árvores estudávamos e porquê que agora não?”, perguntou.  

Enquanto isso, o pastor da Igreja Evangélica dos Irmãos em Angola, Fernando Rodrigues Saihemba, alertou para a reabilitação “urgente” das ruas dos bairros periféricos da cidade, que, no seu entender, tem dificultado a circulação das pessoas, para além de colocar em risco a saúde das pessoas.

Mostrou ainda preocupado com o aumento da tarifa dos bilhetes de passagem da Taag-Linhas aéreas, a única transportadora de passageiros que opera na linha Luena-Luanda e vice-versa, que passou para 64 mil Kwanzas, ida e volta, contra os anteriores 58 mil kzs.

Na sua intervenção, Gonçalves Muandumba, reconheceu o papel desempenhado pelas igrejas na recuperação dos valores morais e na preservação da paz.

Pediu que estas continuem a trabalhar para resolução dos problemas nas comunidades, através de temas sociais que defendem a ética, moral e a integridade da pessoa humana.

Gonçalves Muandumba disse que para se diminuir o alto índice de desemprego, vai se criar parceria com os governos das Lunda Sul e Lunda Norte, para que jovens locais trabalhem nas empresas mineiras sedeadas naquelas províncias e ao mesmo tempo potenciar o empreendedorismo na região.

Quanto a reabilitação das estradas das periferias da cidade capital, o director provincial da Construção, Osvaldo Ferreira, garantiu que o governo local já elaborou um projecto de reabilitação das estradas aguardando por se materializar.

Leia também
  • 07/02/2019 01:26:31

    Restos mortais de empresário português transladados para Portugal

    Malanje - Os restos mortais do empresário português Adérito Teté, morto na madrugada de domingo (3) por meliantes no interior da sua residência, na cidade de Malanje, foram transladados quarta-feira para Luanda, a fim de seguirem para Portugal, onde serão sepultados, soube Angop.

  • 06/02/2019 11:16:38

    Acidentes de viação causam 92 mortes em 12 meses no Cuanza Norte

    Ndalatando - Noventa e duas pessoas morreram e 523 ficaram feridas em consequência de 383 acidentes de viação registados entre Janeiro a Dezembro de 2018 no Cuanza Norte, informou o Comando Provincial da Polícia Nacional.

  • 05/02/2019 17:25:45

    Escolas de condução de Malanje sem equipamento multimédia

    Malanje - As escolas de condução da província de Malanje carecem de equipamento multimédia para as aulas e os exames teóricos de condução, sistema que facilita o trabalho dos instrutores, assim como garante mais destreza e conhecimento aos alunos.

  • 05/02/2019 16:06:23

    Militar das FAA morto a tiro na Matala

    Matala - Um militar das Forças Armadas Angolanas (FAA), de 37 de anos de idade, afecto ao Batalhão de Logística, foi morto a tiro, domingo (3), por meliantes ainda não identificados, no bairro Calumbiro, no município da Matala, província da Huíla.