Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

10 Fevereiro de 2018 | 00h29 - Actualizado em 10 Fevereiro de 2018 | 00h29

Cuando Cubango: PIDLCP prevê abranger mais de 50 mil pessoas

Menongue - O Plano Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza (PIDLCP) no Cuando Cubango vai abranger 58 mil e 180 pessoas, das quais mil 735 ex-militares, anunciou na sexta-feira, em Menongue, o governador da província, Pedro Mutindi.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cuando Cubango: Pedro Mutindi - Governador da província

Foto: Armando Morais

ntervindo no seminário de disseminação e orientação metodológica para operacionalização do Plano de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza (PIDLCP), dirigido aos administradores municipais e seus adjuntos, Pedro Mutindi explicou que o plano será concretizado através da aplicação de técnicas e metodologias de intervenção, em função das necessidades dos beneficiários.

Segundo o governante, para a concretização deste esforço institucional, é necessário que haja colaboração e diálogo permanente nos níveis municipais, provinciais e central, observando-se as estratégias, critérios e responsabilidade dos diferentes intervenientes.

Reconheceu que o seminário constituiu como um espaço facilitador de análise e de esforço de capacidades, competências e mecanismos de articulação para melhor maximizar a gestão dos recursos financeiros.

Disse ser importante a participação dos beneficiários para a identificação dos problemas, bem como na busca de soluções sustentáveis e da necessidade do engajamento dos parceiros sociais no cumprimento dos projectos multissectoriais.

Durante o seminário, destacou-se o plano de desenvolvimento local de combate a pobreza, procedimentos de execução do plano integrado e o programa de municipalização de acção social, entre outros.

Leia também
  • 11/11/2018 09:09:01

    Governo aposta no resgate das profissões

    Cuito - O governo do Bié vai, a partir do próximo ano, apoiar as pequenas iniciativas de jovens empreendedores com iniciativas de alavancar a economia da região e, fundamentalmente, garantir emprego à juventude.

  • 11/11/2018 08:28:25

    Metade das residências do Quilomoço entregue aos respectivos moradores

    Uíge - Quinhentas e cinco residências da centralidade Horizonte do Quilomoço, na cidade do Uíge, foram entregues aos moradores, desde o passado mês de Agosto, data de início do processo de comercialização.

  • 11/11/2018 07:53:15

    Ex-Leprosaria da Funda regista 50 novos casos em nove meses

    Luanda - A ex-Leprosaria da comuna da Funda, município de Cacuaco, diagnosticou, de Janeiro a Setembro de 2018, 50 novos casos de lepra, deu a conhecer hoje, quinta-feira, em Luanda, o administrador do actual Centro de Saúde e Reabilitação da Funda, Joaquim Imperial Santana.

  • 08/11/2018 17:46:00

    Responsável sugere cooperativas numa única entidade

    Ndalatando - A necessidade da criação de uma única entidade que congregue todos os ramos do cooperativismo para melhor organização e defesa dos seus direitos foi defendida, hoje (quinta-feira), em Ndalatando, Cuanza Norte, pela vice-presidente da Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agropecuárias de Angola (Unaca), Ricardina Machado.