Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

09 Fevereiro de 2018 | 16h12 - Actualizado em 09 Fevereiro de 2018 | 16h12

Descentralização administrativa facilita responsabilização -Jurista

Malanje - A facilidade na responsabilização de detentores de cargos públicos e não só, por eventuais transgressões aos princípios que norteiam a ordem jurídica, incluindo o aumento da eficácia do serviço público, foram descritas hoje (sexta-feira) pelo jurista Neves Moxi, como sendo as principais vantagens da descentralização administrativa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ao dissertar numa palestra sobre a Descentralização Administrativa e o Poder Local, durante a abertura das festividades alusivas ao 86º aniversário da cidade de Malanje, a assinalar-se no próximo dia 13 de Feverieor, o jurista frisou que a descentralização ajuda a melhorar a qualidade do funcionamento das instituições e aproxima os serviços públicos aos cidadãos.

De acordo com o prelector, a descentralização administrativa confere poder decisório às autoridades locais, permitindo desburocratizar os serviços e agilizar os mecanismos que visam responsabilizar servidores públicos que emperram o normal funcionamento das instituições do Estado, ao nível dos municípios e das comunas.

 “A descentralização ajuda a tomar decisões mais céleres que, em outras situações, dependeriam do poder central”, acrescentou o palestrante, tendo sublinhado que tal procedimento dá, ainda, autonomia aos técnicos de tomarem decisões e eleger prioridades com base no conhecimento que tem da realidade da localidade.

A cidade de Malanje foi elevada à categoria de cidade a 13 de Fevereiro de 1932, pelo primeiro governador do então distrito, Veríssimo Sarmento, através do Diploma Legislativo número 313, do regime português.

Em saudação à data, estão agendadas várias actividades, como a feira do produto e literária, concerto Gospel, moda/Malanje, torneio de futebol onze, mesa-redonda sobre a cidade, palestras e "Malanje na rota da prosperidade", entre outros atractivos.

Leia também
  • 09/02/2018 16:07:46

    MININT no Bié desmente falsas informações sobre a morte de reclusos nas cadeias

    Cuito - A delegação provincial do Interior na província do Bié desmentiu hoje (sexta-feira) as falsas informações veiculadas no Facebook, através do perfil "Nossas Denúncias", que, supostamente, 20 reclusos são internados com patologias diversas e registo de dois a três óbitos, semanalmente, nas cadeias da comarca da região.

  • 09/02/2018 15:53:30

    Bombeiros solicitados a intervir em 21 ocorrências nos últimos sete dias

    Ndalatando - O Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB) no Cuanza Norte foi chamado a intervir em 21 ocorrências registadas nos últimos sete dias, na província, mais sete, comparativamente, a igual período transacto.

  • 09/02/2018 15:51:14

    Vítimas de violência doméstica carecem de Centro de acolhimento

    Cuito - A oficial do Projecto de Género e Sociedade Civil da Organização Não-Governamental checa, "People In Need" no Bié, Ângela Somanjolo, apelou hoje (sexta-feira), na cidade do Cuito, para a necessidade de o Governo local construir Centros de Acolhimento e Assistência às vítimas de violência doméstica.