Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

14 Fevereiro de 2018 | 13h56 - Actualizado em 14 Fevereiro de 2018 | 13h56

Bispo católico insta fiéis a promover uma caridade mais ardente

Ndalatando - O bispo católico da diocese de Ndalatando (província do Cuanza Norte), dom Almeida Kanda, instou os fiéis hoje, quarta-feira, a aproveitar o período litúrgico da quaresma como oportunidade para promoção de uma caridade mais ardente e baseada na atenção especial às pessoas vulneráveis, sobretudo os idosos e doentes.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cuanza Norte: Dom Almeida Kanda, bispo da diocese de Ndalatando

Foto: Lucas Leitão

Na sua homilia durante a missa que marcou a abertura do período quaresmal, o prelado apelou aos fiéis a assumir uma caridade mais diligente e ardente às pessoas carentes de ajuda de vária índole.

Defendeu a necessidade de os cristãos encararem a quaresma (período litúrgico que antecipa a festa da páscoa) como tempo de penitência intensa, baseada no jejum, abstinência e devoção à Deus, por via do percurso do caminho do arrependimento.

Apelou a moderação no modo de falar e agir, devendo os fiéis optarem pela promoção da reconciliação, harmonia e comunhão fraterna com as pessoas ao redor.

Dom Almeida Kanda defendeu ainda a necessidade dos cristãos pautarem pelo jejum e abstinência no dia da quarta-feira das cinzas, como gesto de purificação do corpo, visando o crescimento espiritual.

Esclareceu que a celebração da quarta-feira das cinzas constitui um ritual litúrgico que assinala o início dos 40 dias do período da quaresma, que antecipa a festa da Páscoa.

A missa, decorrida na igreja sé-catedral de Ndalatando e assistida por mais de cinco centenas de fiéis, foi marcada pela imposição do sinal da cruz com o pó de cinzas sobre a testa de cada um dos cristãos presentes na celebração, como símbolo de purificação espiritual.

Leia também
  • 20/03/2018 15:24:25

    Destacado contributo da sociedade civil na socialização dos reclusos

    Ndalatando - O contributo da sociedade civil na moralização e socialização para a reintegração dos reclusos do Estabelecimento Prisional do Cuanza Norte foi destacado, hoje, terça-feira, em Ndalatando, pelo director da mesma instituição, superintende prisional chefe, José Manuel Teixeira, durante o acto das comemorações do 39º aniversário do órgão.

  • 20/03/2018 14:56:13

    Falta de água canalizada aumenta riscos de afogamentos em cacimbas

    Ndalatando - Os riscos de afogamentos, principalmente de crianças, em cacimbas onde a população retira a água para o consumo está a aumentar, em alguns bairros da cidade de Ndalatando, devido à falta de água canalizada nessas zonas, fez saber hoje (terça-feira) o porta-voz do comando provincial do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, André da Costa.

  • 19/03/2018 17:51:20

    Mucaba regista redução de casos de violências doméstica

    Uíge - Dois casos de violências domésticos foram registados de Janeiro a Fevereiro deste ano, no município de Mucaba, 61 quilómetros a norte da cidade do Uíge, contra oito de igual período anterior, informou hoje (segunda-feira) à Angop, a responsável local do sector da família, Luísa Victor.

  • 19/03/2018 17:36:06

    Cidadã de 65 anos espancada até a morte

    Huambo - Uma cidadã de 65 anos de idade, residente na comuna da Luvemba, no município do Bailundo, 103 quilómetros da cidade do Huambo, foi espancada até a morte, por um jovem de 21 anos, que a acusou de feiticeira.