Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

14 Fevereiro de 2018 | 13h31 - Actualizado em 14 Fevereiro de 2018 | 13h39

Huambo: Disponíveis mais de 300 hectares de terra para construção auto-dirigida

Huambo - Trezentos e 20 hectares de terra para construção auto-dirigida estão disponíveis na província do Huambo, cuja entrega, ainda este ano, está dependente do início e fim dos trabalhos de loteamento das parcelas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Loteamento de terras para auto-construção

Foto: Morais Silva

O facto foi dado a conhecer hoje, quarta-feira, à Angop, pela directora local do Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente, Nadir Gomes, informando que as terras estão nas reservas fundiárias dos municípios da Caála, Longonjo, Chinjenje, Ucuma e Chicala-Cholohanga.

A responsável disse que a entrega das parcelas aos requerentes, que queiram construir suas próprias casas, vai ser conduzida por cada uma das administrações municipais, que definiram como prioridade a juventude e famílias que vivem em zonas de risco.

Diferente dos anos anteriores, Nadir Gomes afirmou que este ano haverá mais rigor no processo, evitando que pessoas recebam terreno para posteriormente os venderem ou recebam terrenos mas não possuam condições para construir.

No caso do município do Huambo, onde a procura por terrenos para construção de casas é maior, a directora do Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente disse não haver, por enquanto, terrenos para cedência.

Contudo, deu a conhecer estar a decorrer um levantamento, sobretudo nas comunas da Calima e Chipipa, a fim de se encontrarem áreas que possam ser loteadas para fins habitacionais.

O facto foi dado a conhecer hoje, quarta-feira, à Angop, pela directora local do Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente, Nadir Gomes, informando que as terras estão nas reservas fundiárias dos municípios da Caála, Longonjo, Chinjenje, Ucuma e Chicala-Cholohanga.

A responsável disse que a entrega das parcelas aos requerentes, que queiram construir suas próprias casas, vai ser conduzida por cada uma das administrações municipais, que definiram como prioridade a juventude e famílias que vivem em zonas de risco.

Diferente dos anos anteriores, Nadir Gomes afirmou que este ano haverá mais rigor no processo, evitando que pessoas recebam terreno para posteriormente os venderem ou recebam terrenos mas não possuam condições para construir.

No caso do município do Huambo, onde a procura por terrenos para construção de casas é maior, a directora do Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente disse não haver, por enquanto, terrenos para cedência.

Contudo, deu a conhecer estar a decorrer um levantamento, sobretudo nas comunas da Calima e Chipipa, a fim de se encontrarem áreas que possam ser loteadas para fins habitacionais.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 04/02/2019 17:54:35

    Central híbrida do Londuimbali em fase experimental

    Londuimbali - Duzentos e 50 quilowatts de energia eléctrica estão a ser produzidos em regime experimental, desde a semana passada, pela central híbrida do município do Londuimbali, na província do Huambo.

  • 04/02/2019 17:52:03

    Município do Huambo ganha equipamentos sociais

    Chipipa - Uma escola e um sistema de rega foram inaugurados hoje, segunda-feira, no município do Huambo, província com o mesmo nome, no quadro das comemorações do 58º aniversário do início da Luta de Libertação Nacional.

  • 02/02/2019 19:37:25

    Estudantes do ISP doam bens ao Lar Suku-Ondjali

    Caála - Estudantes do curso de pós-graduação em saúde do Instituto Superior Politécnico do município da Caála, província do Huambo, doaram hoje, bens de primeira necessidade e medicamentos ao lar de acolhimento infantil Suku-Ondjali.

  • 02/02/2019 00:45:55

    Energia eléctrica produzida em Laúca chega este ano ao Huambo

    Huambo - A província do Huambo vai passar a consumir, ainda este ano, energia eléctrica produzida na barragem hidro-eléctrica de Laúca, na província de Malange, anunciou, sexta-feira, o administrador regional da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade, Manuel de José Adão.