Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

14 Fevereiro de 2018 | 13h18 - Actualizado em 14 Fevereiro de 2018 | 15h28

Tolerância é um dos pontos chaves para uma relação duradoura

Luanda - O dia dos namorados é comemorado pelos casais apaixonados com juras de amor e presentes simbólicos para o parceiro considerou hoje, quarta-feira, em Luanda, a professora Ana Maria de Oliveira (62 anos), que é casada há 41 anos com João Lucas de Oliveira Júnior (70).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Casal Lucas e Ana falam sobre Relacionamento

Foto: Gaspar dos Santos

O casal, com cinco filhos, concorda que os pontos chaves para se ter um namoro que culmine com o casamento passam pela amizade, tolerância, confiança e paciência.

Refere que graças a isso a união, que começou em 1977, rendeu uma família unida, pois “o meu marido é um excelente companheiro, dedicado, meu amigo, porto seguro, meu eterno namorado”.

Para eles, o namoro é a fase em que o casal procura conhecer-se, solidificar e cultivar a confiança um pelo outro, para seguir o caminho do matrimónio e isso serve de avaliação se vale ou não a pena o homem ou a mulher em causa.

“Infelizmente, o namoro de hoje está mas virado à vida sexual, os casais conhecem-se pouco, razão de muitos casamentos fracassados e pouco duradouros”, frisou.

Antigamente, quando o marido saísse e demorasse a chegar na hora de costume, a primeira preocupação era saber se o mesmo está bem, mas, hoje, pensa-se logo se não está em casa foi ter com uma namorada e quando chega muda de comportamento, daí que surgem as confusões e os desentendimentos.

Considerou o imediatismo como um factor preocupante que tem afastado muitos jovens casais, aconselhando-os  a ser parceiros, sublinhando que “quando a amizade é boa o único motivo que vai fazê-los separar é a morte, desde que haja respeito um pelo outro e que ninguém interfira de forma negativa na vida do casal".  

Lembrou que há interferências positivas, aqueles que aconselham que dão uma força, mas há outras que procuram desestabilizar a vida do casal, criando conflitos e intrigas.

Assuntos Sociedade  

Leia também
  • 21/03/2018 14:35:43

    Unicef destaca programa de registo logo a nascença

    Uíge - O representante do Unicef em Angola, Abubakar Sultan, considerou hoje, quarta-feira, nesta cidade, que o programa " Nascer com registo", do Ministério da Justiça, é uma importante estratégia inovadora que visa salvaguardar o direito da criança obter um registo e uma identidade logo à nascença.

  • 21/03/2018 14:31:07

    Programa "Nascer com Registo" prevê atingir 180 postos informatizados

    Uíge - O programa "Nascer com Registo", do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, que prevê a interligação das maternidades e as unidades de saúde às Conservatórias de Registo Civil, por meio de um sistema informatizado, prevê atingir, até o próximo ano, 180 postos.

  • 21/03/2018 12:59:10

    Membros do IAJ visitam Angop

    Luanda - Membros do Instituto Angolano da Juventude (IAJ) visitaram hoje, quarta-feira, em Luanda, a Agência Angola Press (Angop) onde trataram assuntos de cooperação.

  • 21/03/2018 11:22:47

    Associação expande rede de combate contra as drogas

    Luena - A expansão e o engajamento de novos membros da sociedade na rede de combate contra as drogas no Moxico são entre outras as prioridades do novo secretário da ANLD (Associação local de Luta contra as drogas), Herman Miji, eleito hoje, quarta-feira, no Luena.