Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

07 Dezembro de 2018 | 17h10 - Actualizado em 07 Dezembro de 2018 | 17h10

Circulação automóvel de pesados interdita na ponte sobre rio Luconha

Luena - A circulação rodoviária de pesados sobre a ponte do rio Luconha, a 174 quilómetros a sul da cidade do Luena, estrada nacional 180, está interditada desde hoje, por causa de um acidente que envolveu um camião de transporte de madeira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O acidente proocou a morte do ajudante e ferimentos graves ao motorista do camião.

Segundo um comunicado de imprensa do governo da província a que a Angop teve acesso, o acidente ocorreu por volta das 20 horas de quinta-feira.

O documento refere que o trânsito está interditado apenas para a circulação de automóveis pesados, enquanto os ligeiros circulam sem constrangimentos.

Para constatar o grau de destruição da infra-estrutura, deslocou-se ao local uma equipa da Polícia Nacional, do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB), e técnicos do Instituto Nacional de Estradas do Moxico.

Com 60 metros de comprimento e 4 metros e 20 de largura, esta ponte tem apenas capacidade para suportar 30 toneladas, ao contrário das demais que estão preparadas para dez toneladas, nomeadamente as localizadas sobre os rios Lucivi, Canaje e Lugue-Vungo, ao longo da estrada Luena/Bundas, cuja extensão é de 174 quilómetros.

A estrada nacional 180 liga a cidade do Luena aos municípios fronteiriços dos Bundas e dos Lutchazes (Cangamba).

Leia também
  • 04/12/2018 18:37:23

    Gabinete da Acção Social apoia mais de 200 pessoas com deficiência

    Luena - Duzentas e 17 pessoas que vivem com deficiência física, na província do Moxico, foram assistidas, entre Janeiro a presente data, com muletas, cadeiras de rodas, canadianas, andarilhos e bengalas.

  • 01/12/2018 17:39:40

    Campanha "Nascer Livre para Brilhar" cria responsabilidade individual

    Luena - A campanha "Nascer Livre para Brilhar" vai criar um movimento nacional de responsabilidade individual, chamando atenção aos angolanos para uma resposta concertada, com o envolvimento de membros do Executivo, empresas públicas, privadas e organizações internacionais e da sociedade civil locais, de acordo com uma nota do Gabinete da primeira-dama da República de Angola, Ana Dias Lourenço.

  • 01/12/2018 17:05:06

    Moxico: Primeira - dama lança campanha "Nascer Livre para Brilhar"

    Luena - A campanha denominada "Nascer Livre para Brilhar", que visa eliminar a transmissão do VIH de mãe para o filho foi lançada hoje, sábado, no Luena (Moxico) pela primeira-dama da República de Angola, Ana Dias Lourenço.