Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

06 Março de 2018 | 18h02 - Actualizado em 07 Março de 2018 | 06h42

Bem-estar das crianças requer alianças entre o governo e a sociedade

Huambo - O bem-estar das crianças em Angola requer o reforço das alianças entre as famílias, o governo e as organizações da sociedade civil, afirmou, terça-feira, na província do Huambo, a vice-governadora local para o sector político, económico e social, Maricel Capama.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Maricel Capama - Vice-governadora para a área política, económica e social

Foto: Lino Guimarães

Discursando no seminário sobre protecção e promoção dos direitos da criança, explicou que tais alianças devem abranger as comunidades, as administrações municipais e comunais, assim como o sector privado, as associações, igrejas, autoridades tradicionais, incluindo os meios de comunicação social.

Para a vice-governadora, a mitigação do sofrimento de muitas crianças não deve ser encarada como responsabilidade exclusiva do governo, sendo, também, um imperativo moral da própria sociedade que deve se unir para assegurar a materialização dos direitos fundamentais dos menores.

“Todos os componentes da sociedade angolana, neste processo, precisam desempenhar o seu papel. À família cabe a responsabilidade principal de cuidar dos seus filhos e dar-lhes protecção e, por sua vez, o Estado deve apoia-la na realização dos seus deveres e, para além disso, intervir no núcleo familiar com interesse maior nos petizes”, explicou.

Maricel Capama afirmou que o objectivo básico do desenvolvimento social passa, entre várias vias, por melhorar a vida das pessoas, através do alívio de certas dificuldades e da promoção do progresso sócio-económico.
.
No seminário foram analisadas as causas e consequências da violência contra a criança, o que fazer para mitigar o sofrimento das crianças, a Lei 25/12 de 22 de Agosto sobre a protecção e desenvolvimento integral da criança e a revitalização das redes de protecção e promoção dos direitos da criança.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 04/02/2019 17:54:35

    Central híbrida do Londuimbali em fase experimental

    Londuimbali - Duzentos e 50 quilowatts de energia eléctrica estão a ser produzidos em regime experimental, desde a semana passada, pela central híbrida do município do Londuimbali, na província do Huambo.

  • 04/02/2019 17:52:03

    Município do Huambo ganha equipamentos sociais

    Chipipa - Uma escola e um sistema de rega foram inaugurados hoje, segunda-feira, no município do Huambo, província com o mesmo nome, no quadro das comemorações do 58º aniversário do início da Luta de Libertação Nacional.

  • 02/02/2019 19:37:25

    Estudantes do ISP doam bens ao Lar Suku-Ondjali

    Caála - Estudantes do curso de pós-graduação em saúde do Instituto Superior Politécnico do município da Caála, província do Huambo, doaram hoje, bens de primeira necessidade e medicamentos ao lar de acolhimento infantil Suku-Ondjali.

  • 02/02/2019 00:45:55

    Energia eléctrica produzida em Laúca chega este ano ao Huambo

    Huambo - A província do Huambo vai passar a consumir, ainda este ano, energia eléctrica produzida na barragem hidro-eléctrica de Laúca, na província de Malange, anunciou, sexta-feira, o administrador regional da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade, Manuel de José Adão.