Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

13 Março de 2018 | 19h26 - Actualizado em 13 Março de 2018 | 19h26

INEFOP abre ciclo formativo 2018 com défice de formadores no Moxico

Luena - O ciclo formativo/2018 promovido pelo Instituto Nacional de Emprego e Formação profissional (INAFOP) do Moxico iniciou os trabalhos hoje, terça-feira, no Luena, com a carência de 29 formadores.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Moxico: centro de formação profissional “cidadela Jovem”, situado á 15 quilómetros, sul da cidade do Luena

Foto: David Dias

Directora Provincial do INAFOP no Moxico, Ester Vumbi celestina

Foto: David Dias

A insuficiência de educadores foi revelada pela chefe dos serviços provinciais do INEFOP, Ester Vumbi Celestino, no acto da abertura da acção formativa, confirmando que para atender os cerca de mil e 462 educandos matriculados em sete centros de formação existentes na província, a instituição conta com 32 formadores.

A responsável adiantou que o INEFOP vai acelerar os contactos em curso, com a Direcção Provincial da Educação, no sentido de fornecer os formadores em falta, com vista a colmatar a necessidade que se faz sentir nos centros de formação profissionais.

Anunciou ainda, que no presente ano formativo, o INEFOP vai introduzir no seu curriculum, três novas área de especialização, nomeadamente, a de Electrónica, Mesa e Bar e caixilharia, perfazendo assim 20 cursos.

Ao intervir no acto, o vice-governador provincial para o sector Político, Económico e Social, Carlos Alberto Masseca, garantiu que o governo vai alargar este ano, o número de centros de formação profissionais e de cursos para se minimizar a alta taxa de desemprego que assola a juventude na província.

O responsável mostrou-se preocupado com o irrisório número de formandos do sexo feminino inscritos nos centros de formação profissional, apelando a sociedade civil a motivar essa franja da sociedade para aderir à formação.

No ano transacto, 435 formandos dos 998 matriculados nos distintos cursos desistiram, por falta de formadores e salas de aula.

A cerimonia da abertura, assistida pelos membros do governo local, decorreu no Centro de Formação Profissional “cidadela Jovem”, situado a 15 quilómetros, a sul da cidade do Luena.

Leia também
  • 19/03/2018 19:19:51

    Manifestações de carinho e de reconhecimento marcam dia do pai

    Luanda - Diversas manifestações de carinho, amor e reconhecimento do empenho dos pais nas mais múltiplas frentes em beneficio aos educandos e conselhos aos que se furtam no cumprimento de seus deveres, como de prestação de alimentos, marcaram hoje, segunda-feira, a passagem do dia do pai.

  • 19/03/2018 17:51:20

    Mucaba regista redução de casos de violências doméstica

    Uíge - Dois casos de violências domésticos foram registados de Janeiro a Fevereiro deste ano, no município de Mucaba, 61 quilómetros a norte da cidade do Uíge, contra oito de igual período anterior, informou hoje (segunda-feira) à Angop, a responsável local do sector da família, Luísa Victor.

  • 19/03/2018 17:36:06

    Cidadã de 65 anos espancada até a morte

    Huambo - Uma cidadã de 65 anos de idade, residente na comuna da Luvemba, no município do Bailundo, 103 quilómetros da cidade do Huambo, foi espancada até a morte, por um jovem de 21 anos, que a acusou de feiticeira.

  • 19/03/2018 15:05:59

    Padre insta pais a reforçarem compromisso com educação dos filhos

    Ndalatando - A necessidade de um maior compromisso dos pais em relação a educação dos filhos, por via da preservação dos valores familiares baseados na harmonia, respeito e observância dos bons costumes foi defendida hoje (segunda-feira), em Ndalatando, pelo padre católico Roberto Guilherme.