Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

16 Abril de 2018 | 14h00 - Actualizado em 17 Abril de 2018 | 09h26

Jornalista Rufino Marcelina vai a enterrar quarta-feira no Cemitério da Camama

Luanda - Os restos mortais do jornalista da Agência Angola Press (Angop) Rufino Manuel Marcelina, falecido sábado, vão à enterrar na próxima quarta-feira, no Cemitério do Camama, pelas 11 horas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Jornalista Rufino Manuel Marcelina

Foto: Arquivo da Angop

O velório realizar-se-á na Liga Nacional Africana, a partir das 19h00 de terça-feira, e no dia seguinte parte para o Cemitério do Camama.

Rufino Marcelina, segundo fonte familiar, queixou-se de um mal estar durante o banho matinal, tendo sido levado de urgência para uma unidade hospitalar, onde acabaria por falecer momentos depois.

Entrou para os quadros da Angop a 14 de Maio de 1990 como jornalista, passando pelos Desks Social e Exterior Diplomático e nos departamentos de redacção multimídia e Documentação.

Até à data da sua morte, Rufino Marcelina era sub-editor do Desk Internacional, membro do Núcleo do Sindicato dos Jornalista Angolanos (SJA).

O malogrado, filho de Manuel Joaquim Santana e de Marcelina Diogo, nasceu em Luanda, aos 8 de Julho de 1965.  Deixa viúva e sete filhos.

Assuntos Óbito  

Leia também
  • 05/04/2018 10:34:13

    Morre jornalista Paulo Jeremias

    Luanda - O jornalista da Agência Angola Press (Angop) Paulo Jeremias morreu hoje, quinta-feira, em Luanda, numa das clínicas privadas da capital do país, vítima de Acidente Cárdio Vascular.

  • 04/10/2017 11:25:16

    Huíla: Quatro cadáveres do acidente de segunda-feira sem identificação

    Lubango - Quatro dos 11 mortos do acidente de segunda-feira no troço Lubango/Chibia, na Huíla, ainda não foram reclamados por familiares e os cadáveres, sem identificação, ainda jazem na morgue exterior do Hospital "Agostinho Neto".

  • 09/08/2017 19:12:43

    Angola: Governo consternado com a morte do artista Zé Keno

    Luanda - O Governo Provincial de Luanda manifestou-se consternado hoje, quarta-feira, em nota de imprensa assinada pelo seu titular, Higino Carneiro, pela morte do músico José João Manuel "Zé Keno" ocorrida na sexta-feira (04), na África do Sul por doença.