Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

16 Abril de 2018 | 13h02 - Actualizado em 16 Abril de 2018 | 13h01

Serviço de Bombeiros recupera corpos de vítimas de afogamento

Luanda - Os efectivos do comando provincial do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB) recuperaram, durante o fim-de-semana, três corpos de homens que morreram afogados nos municípios de Luanda e Cacuaco.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os afogamentos ocorreram na praia do Ponto Final e Amélia nos distritos urbanos da Ingombota e Samba (Luanda), bem como na Lagoa da Sombra do Embondeiro, nos arredores da Centralidade do Sequele, Cacuaco.  

O porta-voz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, Faustino Minguês, disse que as vítimas tinham 16, 26 e 40 anos de idade, respectivamente.

Durante o final de semana, os bombeiros salvaram ainda quatro banhistas em eminência de afogamento em praias da Ilha do Cabo, no distrito da Ingombota.

Faustino Minguês disse que os banhistas, apesar de serem alertados sobre a subida da maré em uma cota de 1,8 metros de altura, insistiam em utilizar as praias da zona.

“ Mesmo com a presença das nossas forças para sensibilizar as pessoas para não terem acesso as praias, devido a agitação do mar, muitos de forma negligente fizeram-se ao mar ”, lamentou o oficial.

Nos últimos 45 dias, a costa marítima de Luanda tem registado a agitação do mar com ondas fora do normal.

Quanto aos incêndios, Faustino Minguês disse que foram registados quatro casos causados por curto-circuito e negligência afectando os sectores da habitação, comércio e energia nos municípios de Viana  (Luanda Sul e Camadeira), Talatona ( 4 de Abril), Luanda ( Rangel).

Os bombeiros procederam, igualmente, ao desencarceramento de um elevador no Sequele e encaminhou para unidades hospitalares públicas e privadas 18 pessoas, entre vítimas de acidentes de viação, agressão física e outras patologias,

Os atendimentos ocorreram na via pública e residências nos municípios de Luanda (Ingombota, Samba, Maianga, Neves Bendinha e Ngola Kiluange), Viana ( Sanzala, Km 30 e Estalagem) e Belas (Kilamba).

    

Leia também