Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

16 Abril de 2018 | 14h12 - Actualizado em 16 Abril de 2018 | 14h12

Técnicos da sociedade civil exortados a primar pela ética no exercício do jornalismo comunitário

Uíge - A necessidade de criatividade e respeito pelos princípios de ética e deontologia no exercício da actividade jornalística foi hoje, segunda - feira, nesta cidade, recomendado aos técnicos das organizações da sociedade civil que participaram no workshop sobre o jornalismo comunitário.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Falando na abertura do evento, a directora em exercício da comunicação social no Uíge, Luísa Venâncio, disse ser importante que o técnico, no exercício da sua missão, prime pelo respeito às normas estabelecidas para o êxito da actividade jornalística.

A responsável reconheceu igualmente que o papel fundamental das organizações da sociedade civil, na parceria com governo, reside na resolução dos problemas da população.

Durante a abertura cerimónia do workshop promovido pela coordenação da rede das organizações da sociedade civil de luta contra a pobreza da região norte no Uíge, Luísa Venâncio recordou ainda a necessidade de os participantes absorverem as matérias a ser administradas, para que sirvam de ferramentas importantes no tratamento de informações.

A acção formativa com duração de quatro dias, está a ser orientada por formadores locais e abordam igualmente matérias sobre assessoria de imprensa, técnica de recolha e tratamento de informação, novas tecnologias de comunicação, entre outras.

Participam no workshop 20 técnicos de organizações da sociedade civil dos municípios Uíge, Songo e Mucaba.

A coordenação da rede das organizações da sociedade civil de luta contra a pobreza, que opera nas províncias de Luanda, Uíge e Zaire, é uma organização não-governamental que está levar a cabo a implementação de um projecto denominado “acção para o orçamento municipal mais inclusivo e democrático”.

Assuntos Apelo   Província » Uíge   Sociedade  

Leia também
  • 15/04/2018 16:19:12

    Realçada participação da juventude nas acções socioeconómicas

    Luena - A ministra da saúde, Sílvia Lutucuta, considerou hoje, domingo, no Luena, de primordial a participação activa da juventude na execução das acções dos sectores social e económico, para o progresso do país, por constituir a maioria da população angolana.

  • 15/04/2018 14:09:08

    Reforma - um direito constitucional do trabalhador

    Luanda - A reforma, tida como a situação de um trabalhador que tem isenção definitiva da efectividade de serviço, por incapacidade física ou por ter atingido a idade legal, recebendo uma pensão ou remuneração, é uma condição que alegra a uns e amedronta a outros.

  • 15/04/2018 08:46:07

    Vinte e duas mil casas beneficiam de ligações da rede eléctrica em Benguela

    Benguela - A província de Benguela vai beneficiar de duas mil ligações de energia eléctrica ao domicílio até ao final de ano de 2018, anunciou, no Cubal, o ministro de Energia e Águas, João Baptista Borges, no quadro de uma visita de trabalho de dois dias efectuada a província de Benguela.