Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

13 Junho de 2018 | 19h45 - Actualizado em 13 Junho de 2018 | 19h46

Kilamba Kiaxi solicita conclusão de projecto de macro drenagem

Luanda - A administradora do Kilamba Kiaxi, Albina Guilhermina Luísa, solicitou ao Governo a conclusão do projecto de macro drenagem da província de Luanda, cujas obras paralisaram nessa circunscrição.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Pormenor de uma vala de drenagem

Foto: Lucas Neto/Arquivo

Administradora do Kilamba Kiaxi, Albina Guilhermina Luísa

Foto: Joaquina Bento/Arquivo

A administradora, que falava num encontro com o secretario municipal da JFNLA, David Miguel, disse que a instituição pretende que haja celeridade na conclusão deste projecto .

Para si, a paralisação das obras está a causar transtornos à população, principalmente, na época chuvosa e a condicionar o projecto de requalificação do município.

Disse que esta preocupação já foi apresentada ao Presidente da República, João Lourenço, por ocasião de uma visita à província de Luanda, em Fevereiro do ano em curso, que incluiu o município do Kilamba Kiaxi.

Informou que a Administração está a trabalhar com o Governo da província na requalificação do município, porque apesar de estar localizado no centro as ruas do interior não estão asfaltadas.

O projecto de macro drenagem de Luanda insere-se no plano director-geral dessa província, aprovado pelo seu Conselho de Coordenação Estratégica, a 8 de Outubro de 2015, em sessão orientada pelo ex-Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

O plano de Luanda, cuja execução tem a duração de 15 anos, estabelece como princípio preservar o ambiente natural e o património cultural da província, assim como o seu carácter urbano e a sua identidade.

O Conselho de Coordenação Estratégica da Província de Luanda tomou conhecimento, naquela altura, do relatório semestral das actividades realizadas pela Unidade Técnica de Gestão e Saneamento de Luanda e aprovou o seu projecto de macro-drenagem do Kilamba.

Do conjunto de actividades realizadas pela unidade, destacam-se as obras de construção de macro-drenagem do Suroca, Cazenga, Cariango e das redes separativas dos bairros Popular e Terra Nova, limpeza e manutenção das redes de colectores públicos e valas de drenagem, bem como a construção de quatro pontes metálicas para assegurar a circulação ao longo dos eixos dos diferentes sistemas de drenagem.

Leia também
  • 15/06/2018 21:13:34

    Regime trabalhador estudante uma das prioridades da LGT

    Luanda - O regime de trabalhador estudante é uma das prioridades da nova Lei Geral do Trabalho (LGT), ao contrário da antiga que periorizava o trabalho, cujo contrato é livre entre ambos, disse esta sexta-feira, em Luanda, a jurista Márcia Nigiolela.

  • 15/06/2018 14:31:09

    Governador de Luanda pede reforço na luta contra trabalho infantil

    Luanda - O governador da província de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho, pediu hoje (sexta-feira), o reforço contra o trabalho infantil, abandono familiar e violência aos menores, para a garantia de um crescimento digno das crianças.

  • 15/06/2018 13:54:17

    Instituto Nacional da Criança realiza encontro em Cacuaco

    Cacuaco -O director nacional adjunto do INAC, Paulo Kalesse, disse que as denuncias de casos de violência contra menores aumentaram nos últimos tempos em Angola devido a preocupação das pessoas com os direitos das crianças.

  • 14/06/2018 17:16:14

    Elisal promove campanha "Um dia de varredor"

    Cazenga - Funcionários de diferentes áreas administrativas e da Direcção de Operações e Limpeza da Elisal participaram, hoje, quinta-feira, no município do Cazenga, em Luanda, numa campanha denominada " Um dia como varredor, no âmbito das comemorações dos 29 anos da empresa, a assinalar-se a 29 de Março.