Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

10 Agosto de 2018 | 18h04 - Actualizado em 11 Agosto de 2018 | 10h57

Exigido mais rigor na contratação pública

Huambo - Mais rigor é o que deseja ver o governador da província do Huambo, João Baptista Kussumua, visando combater a corrupção nos actos de contratação pública nesta região do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Governador do Huambo, João Baptista Kussumua

Foto: VALENTINO YEQUENHA

Discursando, hoje, no encerramento da formação dos técnicos do Governo e das unidades de contratação pública, admitiu que a falta de rigor tem manchado a imagem das unidades de contratação.

Disse que esta formação, que visou capacitar os técnicos sobre a padronização de documentos nos contratos públicos, demonstra o elevado grau de responsabilidade que se pretende, doravante, tendo em conta o risco de corrupção associado à contratação pública.

Assumiu que os riscos obrigam a observância do processo de selecção rigorosa dos quadros a nomear para o exercício de funções na unidade de contratação pública, os quais devem preencher requisitos de natureza técnica, ética, metodológica, bem como outros critérios de extrema relevância.

Estes técnicos, segundo o governador da província, devem estar ao serviço das pessoas, exercer as  funções com probidade, pautar, sempre,  por exercício neutro e imparcial, respeito escrupuloso da lei, valores da independência, decidir com consciência e rigor técnico, visando a satisfação das necessidades da colectividade.

Recomendou que se evitem situações de conflitos de interesses, passíveis de pôr em causa a boa execução dos valores consagrados na Lei dos Contratos Públicos, na norma referente à gestão e execução orçamental e demais regras existentes no ordenamento jurídico.

Também disse que é imperioso que os técnicos das unidades de contratação pública revelem uma postura vertical, honesta e moralmente sã, susceptível de gerar níveis acentuados de credibilidade aos intervenientes nacionais de contratação pública, com vista a aumentar a confiança nas instituições do Estado.

Leia também
  • 05/02/2019 16:06:23

    Militar das FAA morto a tiro na Matala

    Matala - Um militar das Forças Armadas Angolanas (FAA), de 37 de anos de idade, afecto ao Batalhão de Logística, foi morto a tiro, domingo (3), por meliantes ainda não identificados, no bairro Calumbiro, no município da Matala, província da Huíla.

  • 04/02/2019 22:16:51

    Associação planta mais de 600 árvores na Banga

    Banga - Pelo menos 650 espécies de árvores ornamentais e fruteiras foram plantadas esta segunda-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, numa acção da associação dos naturais e amigos da localidade, Anabanga.

  • 04/02/2019 17:54:35

    Central híbrida do Londuimbali em fase experimental

    Londuimbali - Duzentos e 50 quilowatts de energia eléctrica estão a ser produzidos em regime experimental, desde a semana passada, pela central híbrida do município do Londuimbali, na província do Huambo.

  • 04/02/2019 17:52:09

    Serviços de saúde mais próximo dos habitantes de Ngola Luije

    Malanje - Um centro de saúde, com serviços de pediatria, medicina, pré-natal e parto, foi inaugurado hoje (segunda-feira), na comuna de Ngola Luije, município de Malanje, visando aproximar os serviços sanitários à população.