Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

08 Agosto de 2018 | 14h45 - Actualizado em 08 Agosto de 2018 | 14h44

INEFOP forma no Moxico 16 mil jovens em várias especialidades

Luena - Dezasseis mil jovens de diferentes extractos sociais foram formados em várias especialidades, pelo Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP), no Moxico, desde a sua criação em 2012 até a presente data, disse à Angop hoje, quarta-feira, no Luena, a chefe dos serviços provinciais dessa instituição, Ester Vumbi Celestino.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Jovens formam-se no INEFOP em várias especialidades

Foto: David Dias

A responsável, que fazia o balanço das actividades realizadas durante o primeiro semestre do ano em curso, explicou que deste número, quatro mil jovens foram inseridos no mercado de trabalho, com destaque para o sector privado, sem se referir aos demais recém-formados.

Quanto ao presente ano formativo, a responsável informou que o INEFOP inscreveu mil e 462 candidatos nos cursos de agricultura, alvenaria, carpintaria, canalização, informática, secretariado executivo, electricidade de baixa tensão, corte e costura, empreendendorismo, entre outras especialidades.

Apelou à juventude local e não só, a continuar a aderir aos cursos profissionais promovidos nos centros sob sua tutela, com vista a garantir uma oportunidade de emprego.

“O INEFOP serve de ponte entre o candidato e o empregador, no entanto, a juventude deve considerar a formação profissional como um auto-emprego”, aconselhou.

Apontou que no ano transacto, o INEFOP registou novecentos e 46 candidatos, dos quais quinhentos e 64 terminaram com aproveitamento a formação.

O INEFOP na província controla sete unidades de formação profissional, sendo três centros de empreendedorismo e formação profissional, dois Pavilhões de Artes e Ofícios e um centro móvel.

Leia também
  • 11/11/2018 13:43:52

    ISPPW vai traduzir manuais sobre autarquias em Tchokwé

    Luena - O Instituto Superior Politécnico Privado Walinga (ISPPW) do Moxico vai traduzir de português para língua nacional Tchokwé os manuais a serem produzidos sobre as autarquias locais, para permitir maior compreensão dos conteúdos por parte da população.

  • 11/11/2018 12:11:19

    População da Capaladanda ganha sistema de distribuição da água potável

    Luau - Três mil e 800 habitantes do bairro "Capaladanda", arredores da sede municipal do Luau, província do Moxico, ganharam hoje, domingo, um novo sistema de captação, tratamento e distribuição de água potável, no âmbito das comemorações do 43º aniversário da Independência Nacional.

  • 11/11/2018 10:00:46

    Arcebispo valoriza Operação Resgate

    Saurimo - O arcebispo da arquidiocese de Saurimo (Lunda Sul), Dom José Imbamba, afirmou, sexta-feira, em Saurimo, que a Operação Resgate, em curso no país, é uma medida que se impõe para se por ordem no ordenamento social de Angola.

  • 11/11/2018 09:09:01

    Governo aposta no resgate das profissões

    Cuito - O governo do Bié vai, a partir do próximo ano, apoiar as pequenas iniciativas de jovens empreendedores com iniciativas de alavancar a economia da região e, fundamentalmente, garantir emprego à juventude.