Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

10 Agosto de 2018 | 12h16 - Actualizado em 10 Agosto de 2018 | 11h49

Polícia confirma detenção de efectivos envolvidos em fraude

Luanda - As autoridades policiais em Luanda confirmaram a detenção de quatro elementos, dos quais três efectivos da corporação, acusados de terem retirado fraudulentamente da residência de um cidadão de nacionalidade maliana 33 milhões e 174 mil kwanzas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Logotipo da Polícia Nacional

Foto: Google/Divulgação

Segundo um comunicado do gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da delegação provincial do Ministério do Interior que a Angop teve acesso hoje, sexta-feira, encontram-se detidos dois agentes da ordem pública, um do Serviço de Investigação Criminal (SIC) e um motorista da vítima que passou a informação sobre a existência dos valores monetários.

O documento indica que da acção investigativa resultou, para além das detenções, na recuperação de 18 milhões e 296 mil kwanzas.

A nota refere que a investigação ainda não esta concluída, e diligências estão em curso para o esclarecimento total dos factos.

Por outro lado, a delegação provincial do Minint refuta as acusações, consideradas graves, posta a circular nas redes sociais e em alguns órgãos de comunicação social da existência de um esquadrão da morte ligado ao SIC, razão pela qual estas acusações são passíveis de responsabilização criminal.

“ O Minint já deu mostra de ser uma organização que demarca-se de práticas do género com a condenação em foro criminal militar e responsabilização disciplinar de vários efectivos envolvidos em crimes e infracções disciplinares”, sublinha.

Por isso, prossegue a nota, reitera o apelo aos órgãos de comunicação social no sentido de não veicularem informações de fórum criminal, sem que tenham acesso a informação oficial, sob pena de incorrerem em actos criminosos e de desinformarem o público.

Leia também
  • 11/11/2018 04:35:37

    Grande reportagem " Andar Luanda " produziu mais de duzentas notícias

    Luanda - Duzentos e trinta e seis materiais noticiosas foram produzidas em quatro dias pelos jornalistas, que integraram o projecto jornalístico grande reportagem " Andar Luanda ", promovido pela emissora radiofónica privada LAC.

  • 08/11/2018 16:52:22

    Índice de criminalidade aumenta no Bié

    Cuito - Duzentos e setenta e quatro crimes foram registados no Bié, durante o mês de Outubro do ano em curso, contra 208 casos do período anterior, mais 66 delitos em relação a igual período anterior, informou hoje, no Cuito (Bié), o comandante provincial da Policia Nacional, comissário António Vicente Gimbe.

  • 05/11/2018 13:45:15

    Mais de 10 pessoas morrerm no fim de semana prolongado em Luanda

    Luanda - Treze pessoas morreram e 20 ficaram feridas em consequência de 28 acidentes de viação registados em Luanda, no fim-de-semana prolongado, pelo Comando Provincial da Polícia Nacional (PN).

  • 05/11/2018 11:03:49

    Crimes contra pessoas lideram gráfico criminalístico

    Mbanza Kongo - Oito crimes contra as pessoas, consubstanciados em ofensas corporais por disparo com arma de fogo, homicídio qualificado e violação sexual de menor de doze anos lideraram o gráfico criminalístico do Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional, nos últimos sete dias.