Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Agosto de 2018 | 01h15 - Actualizado em 15 Agosto de 2018 | 12h54

Prestados mais de 100 patrocínios jurídicos pela Ordem dos Advogados

Huambo - Cento e 42 patrocínios jurídicos foram prestados de Janeiro a Junho deste ano, nas províncias do Huambo, Bié e Cuando-Cubango, pelo conselho local da Ordem dos Advogados de Angola (OAA), mais seis que em igual período anterior.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Logotipo da Ordem dos Advogados de Angola

Foto: Angop

Em declarações, sexta-feira, à Angop, o presidente do conselho, Domingos João Sassi, informou que estas actividades de advocacia gratuita ocorreram nos tribunais das três províncias, envolvendo 142 advogados inscritos em diversos escritórios.

Disse terem beneficiado do patrocínio cidadãos em posições de sujeitos activos e passivos nas relações litigiosas de natureza maioritariamente familiar, com realce para o reconhecimento de união de facto depois da morte de um dos cônjuges, prestação de alimentos, seguido de casos de julgado de menores, outros de cível e administrativo e, ainda, em número muito ínfimo de natureza criminal.

Domingos João Sassi afirmou que o instituto do patrocínio judiciário, ainda pouco conhecido, constitui um imperativo constitucional de garantia da salvaguarda do acesso ao direito e a tutela jurisdicional efectiva de todos os cidadãos, sobretudo os que não dispõem de condições para constituir advogados.

Informou que o conselho da Ordem dos Advogados de Angola na província do Huambo, que controla também as províncias do Bié e Cuando Cubango, possui 99 profissionais e 157 estagiários, inscritos em 30 escritórios.

De acordo com a fonte, os mesmos estão distribuídos em 90 efectivos e 140 estagiários na província do Huambo, com 27 escritórios, oito efectivos e 11 estagiários em dois escritórios na província do Bié, e um efectivo e seis estagiários em um escritório no Cuando-Cubango.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 14/08/2018 23:09:13

    Província do Huambo com falta de advogados

    Huambo - Noventa advogados exercem a sua actividade na província do Huambo, auxiliados por 140 estagiários, cifra considerada aquém do necessário.

  • 14/08/2018 00:56:32

    Governo do Huambo manifesta apoio aos moto-taxitas

    Huambo - O governo do Huambo vai promover a formação dos moto-taxistas em matéria de Código de Estrada, bem como intermediar a emissão de cartas de condução para estes profissionais.

  • 14/08/2018 00:22:13

    Caála e Ecunha ganham novas infra-estruturas sociais em Outubro

    Caála - Doze infra-estruturas sociais, cujas obras iniciaram em 2013 e Abril deste ano, serão entregues, em Outubro, aos munícipes da Caála e Ecunha, na província do Huambo, no quadro do Programa Integrados de Desenvolvimento e Combate à Pobreza.