Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Agosto de 2018 | 01h15 - Actualizado em 15 Agosto de 2018 | 12h54

Prestados mais de 100 patrocínios jurídicos pela Ordem dos Advogados

Huambo - Cento e 42 patrocínios jurídicos foram prestados de Janeiro a Junho deste ano, nas províncias do Huambo, Bié e Cuando-Cubango, pelo conselho local da Ordem dos Advogados de Angola (OAA), mais seis que em igual período anterior.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Logotipo da Ordem dos Advogados de Angola

Foto: Angop

Em declarações, sexta-feira, à Angop, o presidente do conselho, Domingos João Sassi, informou que estas actividades de advocacia gratuita ocorreram nos tribunais das três províncias, envolvendo 142 advogados inscritos em diversos escritórios.

Disse terem beneficiado do patrocínio cidadãos em posições de sujeitos activos e passivos nas relações litigiosas de natureza maioritariamente familiar, com realce para o reconhecimento de união de facto depois da morte de um dos cônjuges, prestação de alimentos, seguido de casos de julgado de menores, outros de cível e administrativo e, ainda, em número muito ínfimo de natureza criminal.

Domingos João Sassi afirmou que o instituto do patrocínio judiciário, ainda pouco conhecido, constitui um imperativo constitucional de garantia da salvaguarda do acesso ao direito e a tutela jurisdicional efectiva de todos os cidadãos, sobretudo os que não dispõem de condições para constituir advogados.

Informou que o conselho da Ordem dos Advogados de Angola na província do Huambo, que controla também as províncias do Bié e Cuando Cubango, possui 99 profissionais e 157 estagiários, inscritos em 30 escritórios.

De acordo com a fonte, os mesmos estão distribuídos em 90 efectivos e 140 estagiários na província do Huambo, com 27 escritórios, oito efectivos e 11 estagiários em dois escritórios na província do Bié, e um efectivo e seis estagiários em um escritório no Cuando-Cubango.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 04/02/2019 17:54:35

    Central híbrida do Londuimbali em fase experimental

    Londuimbali - Duzentos e 50 quilowatts de energia eléctrica estão a ser produzidos em regime experimental, desde a semana passada, pela central híbrida do município do Londuimbali, na província do Huambo.

  • 04/02/2019 17:52:03

    Município do Huambo ganha equipamentos sociais

    Chipipa - Uma escola e um sistema de rega foram inaugurados hoje, segunda-feira, no município do Huambo, província com o mesmo nome, no quadro das comemorações do 58º aniversário do início da Luta de Libertação Nacional.

  • 02/02/2019 19:37:25

    Estudantes do ISP doam bens ao Lar Suku-Ondjali

    Caála - Estudantes do curso de pós-graduação em saúde do Instituto Superior Politécnico do município da Caála, província do Huambo, doaram hoje, bens de primeira necessidade e medicamentos ao lar de acolhimento infantil Suku-Ondjali.

  • 02/02/2019 00:45:55

    Energia eléctrica produzida em Laúca chega este ano ao Huambo

    Huambo - A província do Huambo vai passar a consumir, ainda este ano, energia eléctrica produzida na barragem hidro-eléctrica de Laúca, na província de Malange, anunciou, sexta-feira, o administrador regional da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade, Manuel de José Adão.