Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

24 Agosto de 2018 | 18h07 - Actualizado em 24 Agosto de 2018 | 18h06

Detidos empresários por burla ao Governo da Huíla

Lubango - O sócio-gerente e o proprietário da empresa SICO-Soluções Gestão e Empreendimento foram detidos, esta semana, em Luanda, e levados sob custódia a Huíla, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), por suposta burla de 200 milhões de Kwanzas que receberam do Governo Provincial em 2015, para adquirir 23 laboratórios para escolas do II ciclo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Supeitos detidos pela Polícia

Foto: Belarmina Paulino/Arquivo

O valor  é parte do remanescente dos 2.408.085.343,75 de Kwanzas do montante disponibilizado pelo Ministério das Finanças, em 2014, para o pagamento de subsídios de exame e de chefia no sector da Educação na região, quantia que alguns professores no período acusavam o Governo de ter extraviado para fins inconfessos. 

Segundo uma fonte ligada ao Ministério Público, os suspeitos, residentes em Luanda, já foram ouvidos por um procurador junto ao SIC que legalizou a sua presião, enquanto decorre a instrução do processo.

De acordo com um documento, a que a Angop teve acesso, em Abril último, após uma conferência  de imprensa que visou esclarecer o suposto “desvio”, o governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipinge, negou terem havido extravios de verbas destinadas a classe.  

O documento reza que, do dinheiro, 25 milhões, 78 mil e 125 kz foram destinados para a compra de quatro laboratórios de biologia para o II Ciclo, 38 milhões 949 mil 471 kz  para quatro laboratórios de Química para o II Ciclo,  60 milhões 704 mil e 228 kz  para cinco laboratório de Física para II Ciclo.

Igualmente, foram destinados para compra de três laboratórios de Biologia para o I Ciclo cotado em 15 milhões, 708 mil  e 594 kz, três laboratórios de Física para o I Ciclo, 33 milhões, 993 mil e 922 kz e   três laboratórios de Química para o I Ciclo 26 milhões,136 mil e 103 kz.

Assuntos Crime   Província » Huíla  

Leia também
  • 08/11/2018 17:24:09

    Anciã morre por Descarga atmosférica no Cuvango

    Cuvango - Uma anciã de 75 anos de idade morreu, quarta-feira, vítima de descarga atmosférica, no município do Cuvango, província da Huíla, informou hoje, quinta-feira, no Lubango, o porta-voz do Comando Provincial dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiro, Inocêncio Hungulo.

  • 08/11/2018 15:43:59

    Polícia regista mais de 100 homicídios em dez meses

    Lubango - Cento e 22 homicídios voluntários, com destaque para o município do Lubango, com 54 casos, foram registados de Janeiro a Outubro do ano em curso, mais quatro assassinatos em relação ao igual período anterior, informou hoje, quinta-feira, nesta cidade, o porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, inspector-chefe Luís Filipe Zilungo.

  • 05/11/2018 16:11:42

    Briga por terreno resulta em morte na Chibia

    Lubango - Um cidadão de 33 anos de idade é acusado de matar um primo de 40 anos de idade, no município da Chibia, província da Huíla, por espancamento, depois de uma discussão pela alegada posse de um terreno herdado de seus avós, informou hoje, segunda-feira, no Lubango, o porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional, inspector-chefe Luís Filipe Zilungo.

  • 02/11/2018 18:13:34

    Padre na huíla critica desrespeito ao sagrado

    Lubango - O vigário-geral da Sé Catedral do Lubango, Pacheco Jonas Simão, criticou, hoje, a "banalização das coisas sérias" em que as pessoas, por exemplo, tratam os cemitérios sem respeito.