Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

07 Setembro de 2018 | 00h46 - Actualizado em 07 Setembro de 2018 | 00h26

Posto de saúde do Mussusso encerrado por falta de enfermeiros

Quilombo dos Dembo - O posto de saúde do sector de Mussusso, comuna de Camame, município de Ngonguembo, Cuanza Norte, está encerrado há mais de cinco meses por falta de enfermeiros soube-se nesta quinta-feira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cuanza Norte: Posto de saúde do sector de Mussusso encerrado por falta de técnicos

Foto: Estevão Manuel

O facto foi dado a conhecer à Angop pelo coordenador adjunto da comissão de gestão da direcção municipal do Ngonguembo da Saúde, Francisco Velho, informando que o único enfermeiro que assegurava a assistência sanitária dos cerca de 800 habitantes da localidade foi transferido para a sede municipal.

Adiantou que para prestar a assistência à comunidade, as autoridades sanitárias do município têm promovido consultas ambulatórias à população, através de equipas móveis e, em alguns casos, a população percorre cerca de 10 quilómetros em busca de assistência médica na sede comunal ou ainda no vizinho município do Golungo Alto.

Informou que além do posto de saúde do sector de Mussusso, uma outra unidade similar encontra-se igualmente encerrada para obras de restauro, há mais de três meses.

O sector da saúde no município do Ngonguembo conta com um hospital municipal e oito postos de saúde, assegurados por 47 técnicos, entre os quais, uma médica.

De Julho a Agosto, o sector de saúde no Ngonguembo diagnosticou  675 casos de malária, 116 filária e 50 de febre tifoide.

Com uma população estimada em sete mil e 576 habitantes, o município de Ngonguembo dista a 90 quilómetros de Ndalatando, capital da província e conta com uma extensão de mil e 402 quilómetros quadrados.

Leia também
  • 06/02/2019 11:16:38

    Acidentes de viação causam 92 mortes em 12 meses no Cuanza Norte

    Ndalatando - Noventa e duas pessoas morreram e 523 ficaram feridas em consequência de 383 acidentes de viação registados entre Janeiro a Dezembro de 2018 no Cuanza Norte, informou o Comando Provincial da Polícia Nacional.

  • 05/02/2019 17:25:45

    Escolas de condução de Malanje sem equipamento multimédia

    Malanje - As escolas de condução da província de Malanje carecem de equipamento multimédia para as aulas e os exames teóricos de condução, sistema que facilita o trabalho dos instrutores, assim como garante mais destreza e conhecimento aos alunos.

  • 05/02/2019 16:06:23

    Militar das FAA morto a tiro na Matala

    Matala - Um militar das Forças Armadas Angolanas (FAA), de 37 de anos de idade, afecto ao Batalhão de Logística, foi morto a tiro, domingo (3), por meliantes ainda não identificados, no bairro Calumbiro, no município da Matala, província da Huíla.

  • 04/02/2019 22:16:51

    Associação planta mais de 600 árvores na Banga

    Banga - Pelo menos 650 espécies de árvores ornamentais e fruteiras foram plantadas esta segunda-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, numa acção da associação dos naturais e amigos da localidade, Anabanga.