Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Setembro de 2018 | 11h25 - Actualizado em 11 Setembro de 2018 | 11h25

Chuva obstaculiza circulação em Mbanza Kongo

Mbanza Kongo - A chuva que na noite desta segunda-feira, a primeira desde o início desta época chuvosa, caiu sobre a cidade de Mbanza Kongo, província do Zaire, está a criar constrangimentos à circulação rodoviária devido a obstrução de algumas vias, principalmente as da zona periférica.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Zaire: estado degradado das vias periféricas da cidade de Mbanza Kongo

Foto: Pedro Moniz Vidal

Com a duração de aproximadamente uma hora, a intensa chuva provocou erosão e abertura de crateras (pequenas valas) nos bairros Álvaro Buta, 11 de Novembro, 4 de Fevereiro e Martins Kiditu, cuja malha rodoviária é constituída por terra batida.

Numa ronda efectuda esta manhã pela Angop, constatou-se que parte considerável da via ascendente que sai do denominado largo do Monteiro ao centro comercial Nosso Super, bem como a que dá acesso a zona das 15 casas, passando pela conhecida zona de Banda Mar está obstruída de pedras, lixo e lamaçal arrastado pela correnteza da chuva, encobrindo, deste modo, o tapete asfáltico.

Munícipes contactados pela Angop afirmam ser um alerta para as autoridades administrativas locais quanto ao estado das vias dos bairros periféricos da cidade de Mbanza Kongo.

“Só apenas a primeira chuva desta época, assistimos um estado lastimável das vias. O que será para os próximos meses?”, questionou o morador do bairro 4 de Fevereiro Manuel Tazi.

Aconselhou as entidades competentes a trabalharem para reverter este quadro que se assiste em cada época chuvosa, com acções viradas à desobstrução de valas de drenagem das ruas asfaltadas para facilitar o escoamento de águas pluviais, bem como a expansão dos serviços de recolha de resíduos sólidos à periferia da cidade.

António Pedro, automobilista, disse que a chuva que caiu na noite desta segunda-feira está embaraçar a circulação de viaturas em alguns troços rodoviários, devido ao aglomerado de resíduos sólidos e pedras ao longo da estrada.

“Quem vai por exemplo à zona das 15 casas, passando pela rua Almirante Dias, mais conhecida por zona de Banda Mar encontra obstáculos na via, pois há muito lixo e pedras que foram arrastadas até ao tapete asfáltico, dai o cuidado redobrado aos motoristas”, referiu.

Para Marcelino Sitas, morador do bairro Álvaro Buta, para se ultrapassar esta situação, uma vez por todas, o governo deve expandir o tapete asfáltico às ruas dos bairros periféricos da cidade de Mbanza Kongo.

“Boa parte dessas vias de terra batida desemboca às ruas asfaltadas. Entretanto, quando chove todo o lixo é projectado para o tapete asfáltico, criando embaraços na circulação de transeuntes e automóveis”, frisou.

A cidade de Mbanza Kongo tem cinco bairros, nomeadamente Sagrada Esperança, Álvaro Buta, 11 de Novembro, Martins Kidito e 4 de Fevereiro.

Assuntos Chuvas   Província » Zaire  

Leia também
  • 05/11/2018 19:33:27

    Portadores de deficiência queixam-se da exclusão social

    Mbanza Kongo - O estigma e a discriminação no acesso aos serviços públicos foram os dois males denunciados nesta segunda-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, por pessoas portadoras de deficiência.

  • 05/11/2018 11:03:49

    Crimes contra pessoas lideram gráfico criminalístico

    Mbanza Kongo - Oito crimes contra as pessoas, consubstanciados em ofensas corporais por disparo com arma de fogo, homicídio qualificado e violação sexual de menor de doze anos lideraram o gráfico criminalístico do Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional, nos últimos sete dias.

  • 02/11/2018 13:15:59

    SIC desmantela grupos de marginais em dois municípios

    Mbanza Kongo - Dois grupos de marginais que se dedicavam a assaltos a residências e na via pública foram desmantelados, nos últimos sete dias, nos municípios de Mbanza Kongo e do Soyo, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) na província do Zaire.

  • 31/10/2018 10:38:48

    Responsável da IEA apela ao resgate de valores morais e cívicos

    Soyo - A responsável da união feminina da Igreja Evangélica de Angola (IEA), no município do Soyo, província do Zaire, Antónia Amélia, instou nesta quarta-feira as mulheres de vários estratos sociais a trabalharem afincadamente para o resgate dos valores morais, éticos e cívicos no seio da sociedade angolana.