Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Setembro de 2018 | 19h01 - Actualizado em 11 Setembro de 2018 | 19h00

Raio danifica várias infra-estruturas no Luena

Luena - Quebra parcial de tecto falso, vidros de janelas e portas de várias instituições públicas e residências particulares localizadas nos arredores da base logística das Forças Armadas Angolanas (FAA), é o resultado do incêndio ocorrido domingo último, no Luena, em consequência da queda de um raio registado na urbe.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vice-governador para esfera Politica, Economica e Social, Carlos Alberto Masseca

Foto: David Dias

Os resultados foram apresentados à imprensa, hoje, terça-feira, pelo coordenador da comissão técnica criada para avaliar o impacto da ocorrência, Carlos Alberto Masseca, esclarecendo que para além das residências que circundam a unidade militar, a deflagração afectou também estabelecimentos comerciais, a paróquia ”Nossa Senhora da Reconciliação “ e as instalações do aeroporto local “Comandante Dangereux”.      

O igualmente vice-governador provincial para o sector Político, Económico e Social fez saber que uma delegação das FAA, proveniente da capital do país (Luanda), já trabalha no local do incidente, no sentido de tomar medidas preventivas para que situação do género não se repita nos próximos tempos.

“A administração do município sede (Moxico), através das orientações baixadas pelo governador provincial, fez o levantamento dos danos causados junto das residências dos populares, instituições públicas e privadas”, aferiu o coordenador da comissão, ao tranquilizar a população para não haver razão de pânico e especulação.  

O incêndio, provocado por uma descarga eléctrica, registou - se na noite de domingo passado. Teve duração de cerca de uma hora, provocando fortes explosões de material letal que se encontrava no paiol, o que criou pânico entre a população que reside nas proximidades do local.

Leia também
  • 11/09/2018 18:46:15

    Comandante quer novas medidas de segurança no casco urbano

    Malanje - O comandante provincial da Policia Nacional, comissário António José Bernardo, defendeu, hoje terça-feira, nesta cidade, a necessidade de se implementar novas medidas de segurança rodoviária no casco urbano, de forma a se evitar acidentes e desorganização do trânsito por parte dos taxistas.

  • 11/09/2018 17:23:05

    Chuva destroi mais de vinte residências em Cunda-dia-Base

    Malanje - Vinte e oito residências e duas igrejas ficaram destruídas no município de Cunda-Dia-Base, em consequência de fortes chuvas que caíram sobre a região, durante a semana finda, deixando igual número de famílias ao relento.

  • 11/09/2018 12:41:43

    Ascofa realiza assembleia geral em Novembro

    Luanda - A primeira assembleia geral extraordinária da Associação de Apoio aos Combatentes das Ex-Fapla (Ascofa) será realizada a 25 de Novembro do corrente ano em Luanda.