Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

14 Setembro de 2018 | 14h41 - Actualizado em 14 Setembro de 2018 | 14h40

Defendida moralização dos gestores para defesa do interesse público

Benguela - A necessidade de maior moralização dos gestores e funcionários do aparelho do Estado para o combate de práticas que lesam o interesse público, foi defendida, nesta cidade, pela vice-governadora para área Económica e Social, Deolinda Calianguila.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vice-governadora de Benguela para o Sector Político, Social e Económico, Deolinda Valiangula

Foto: Henri Celso

Segundo a responsável, que intervinha quinta-feira, em representação do governador local, na abertura do seminário sobre irregularidades na Administração Pública, a actuação do poder público está sujeita ao controlo interno e externo, para que possa actuar em estreita observância dos princípios da legalidade, moralidade, transparência e eficiência.

Referiu que a Inspecção Geral da Administração do Estado (IGAE) tem o dever de exercer o controlo interno e externo, bem como rever os actos administrativos, quando ilegais, inoportunos e inconvenientes, uma vez que o sector público tem vindo a ser confrontado por uma maior exigência dos cidadãos.

“Os cidadãos exigem maior transparência, objectividade e efectividade, na implementação das políticas públicas, visando a satisfação do bem comum”, disse.

Conforme disse, os gestores públicos devem ter o domínio sobre esta matéria, de forma a estarem alinhados e aprimorarem as competências, dado que “negar os princípios da Administração Publica, significa escancarar as mais gravosas condutas”.

Considerou de oportuna a realização do evento, tendo em conta a necessidade de se diagnosticar as dificuldades da administração pública, visando uma actuação diferenciada num mundo mais global e competitivo, além de se aperfeiçoar o desempenho dos servidores.

Por seu lado, a inspectora do Governo Provincial de Benguela, Idalina Carlos, disse que o evento se enquadra num plano de formação do executivo local em parceria com o IGAE, sendo que nesta fase beneficiou quadros das 10 administrações municipais da província.

Nesta acção de formação, participaram administradores municipais, técnicos e quadros do funcionalismo público e teve como principal prelectora, a inspetora geral adjunta do Estado, Isabel Tormento.

Leia também
  • 01/11/2018 18:10:32

    Estudantes da ADPP Benguela visitam Porto do Lobito

    Lobito - Um grupo de 43 estudantes da Escola Polivalente e Profissional afecta à organização não-governamental angolana Ajuda para Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP), em Benguela, visitou, nesta quinta-feira, o Porto Comercial do Lobito, a fim de conhecer a dimensão e importância da infra-estrutura.

  • 01/11/2018 11:12:43

    Menor de sete anos morre afogado em lagoa

    Benguela - Uma criança de sete anos de idade morreu afogada na tarde desta quarta-feira, no bairro do Casseque, arredores da cidade de Benguela, quando se encontrava a pescar numa lagoa, na companhia de amigos.

  • 30/10/2018 21:30:14

    Sociedade encoraja serviço público da ANGOP

    Benguela - O serviço público de informação prestado há 43 anos pela Agência Angola Press (ANGOP) foi destacado hoje, terça-feira, em Benguela, por responsáveis de distintos sectores da vida social e económica nesta região.

  • 30/10/2018 13:45:05

    Jornalistas em formação sobre análise macroeconómica

    Benguela - Vinte jornalistas de diversos órgãos de comunicação social da província de Benguela estão a participar de uma acção de formação sobre análise macroeconómica, promovida pelo Instituto de Formação de Finanças Públicas em parceria com o governo local.