Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Setembro de 2018 | 09h59 - Actualizado em 12 Setembro de 2018 | 09h59

Duas pessoas morrem carbonizadas por negligência

Lubango - Uma anciã de 80 anos de idade e uma menor de cinco morreram carbonizadas numa residência precária, no município de Caconda, na Huíla, por negligência, informou hoje, no Lubango, o porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, Inocêncio Hungulo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O responsável informou que o incêndio faz parte dos quatro registados durante a semana, mais um em relação a semana anteior.

Declarou que supõe-se que o sinistro, ocorrido na aldeia do Caissome, tenha sido causado por negligência da anciã embriagada, que ao confeccionar a alimentação junto de uma esteira dentro de casa.

Inocêncio Hungulo referiu que os três outros incêndios ocorreram no interior de uma residência e na via pública (terrenos baldios), causados por curto-circuito e fogo posto por cidadãos desconhecidos, nos municípios da Matala e do Lubango, com danos materiais avaliados em 190 mil Kwanzas, menos 170 mil Kwanzas em relação a igual período anterior.

Dentro dos serviços especiais dos bombeiros, o porta-voz, destacou o resgate por afogamento de um cadáver de um menor de três anos, numa cacimba, no bairro Nambambi (Lubango).

Durante o período, o Serviço de Protecção Civil e Bombeiros realizou duas palestras: “O modo de funcionamento do sistema de proteção civil” e “Perigos de construção em zonas de riscos”, no município de Caluquembe, a primeira dirigida a técnicos do centro de coordenação operacional e a segunda, a chefes de famílias.

Leia também
  • 11/11/2018 07:53:15

    Ex-Leprosaria da Funda regista 50 novos casos em nove meses

    Luanda - A ex-Leprosaria da comuna da Funda, município de Cacuaco, diagnosticou, de Janeiro a Setembro de 2018, 50 novos casos de lepra, deu a conhecer hoje, quinta-feira, em Luanda, o administrador do actual Centro de Saúde e Reabilitação da Funda, Joaquim Imperial Santana.

  • 08/11/2018 17:46:00

    Responsável sugere cooperativas numa única entidade

    Ndalatando - A necessidade da criação de uma única entidade que congregue todos os ramos do cooperativismo para melhor organização e defesa dos seus direitos foi defendida, hoje (quinta-feira), em Ndalatando, Cuanza Norte, pela vice-presidente da Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agropecuárias de Angola (Unaca), Ricardina Machado.

  • 08/11/2018 17:31:48

    APROSOC facilita registo de 400 menores de cinco anos

    Luena - Quatrocentas menores vulneráveis, de cinco anos de idade, da comuna do Lucusse, província do Moxico, beneficiaram, de Julho até a presente data, de registo de nascimento gratuito e vacinas contra o tétano e a pólio, no âmbito do Projecto de Apoio à Protecção Social (APROSOC).

  • 08/11/2018 17:24:09

    Anciã morre por Descarga atmosférica no Cuvango

    Cuvango - Uma anciã de 75 anos de idade morreu, quarta-feira, vítima de descarga atmosférica, no município do Cuvango, província da Huíla, informou hoje, quinta-feira, no Lubango, o porta-voz do Comando Provincial dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiro, Inocêncio Hungulo.