Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Setembro de 2018 | 17h57 - Actualizado em 12 Setembro de 2018 | 17h56

Empregados domésticos devem ter segurança social - diz INSS

Ondjiva - Os os empregadores devem inscrever os trabalhadores domésticos no sistema de protecção social obrigatória, apelou, hoje, quarta-feira, o director provincial do Instituto Nacional da Segurança Social (INSS), no Cunene, Boaventura Sayuka.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Director provincial do INSS no Cunene, Boaventura Sayuka.

Foto: José Cachiva

Ao falar à Angop sobre o sector, o responsável pediu aos empregadores a terem a cultura de inscrever os seus trabalhadores da segurança social, para que no futuro quando estiverem incapazes de continuar a trabalhar por velhice, doença e morte tenham a sua reforma garantida.

O que se verifica actualmente é preocupante, visto que desde que se criou esta lei que protege os trabalhadores domésticos, nós apenas recebemos oito pessoas que solicitaram cartões para o preenchimento e inscrição no sistema da segurança social, disse.

Boaventura Sayuka disse que para inverter este quadro está em curso, a nível da província, acções de divulgação e esclarecimento para elucidar os empregadores sobre os mecanismos legais de Protecção Social obrigatória, despertando deste modo maior adesão dos trabalhadores.

O Instituto Nacional de Segurança Social tem inscrito na província 18 mil e 623 trabalhadores assegurados e 290 organismos contribuintes, nos sectores públicos e privado. E fruto das contribuições arrecadou no I semestre deste ano 128 milhões 404 mil e 459 kwanzas.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 05/11/2018 15:52:29

    Infracções ao código de estrada reduzem no Cunene

    Ondjiva - Sessenta e oito casos de infracções ao código de estrada foram registados, nos últimos sete dias, no Cunene, contra 139 registados na semana anterior, pelo tal "diminuição considerável" deveu-se ao reforço das acções de sensibilização nas principais vias pública de maior tráfego rodoviário.

  • 03/11/2018 15:01:13

    Gado furtado devolvido aos proprietários

    Ondjiva - Onze cabeças de gado bovino furtadas nos últimos sete dias, na província do Cunene, foram recuperadas e restituídas aos seus legítimos proprietários, numa acção de prontidão e resposta ao crime do Comando da Polícia Nacional na região.

  • 03/11/2018 10:44:54

    Jovem detido por tentativa de homicídio no Cunene

    Ondjiva - Um jovem de 19 anos de idade foi detido, nos últimos sete dias, em Ondjiva, pelos efectivos da Polícia Nacional no Cunene, por tentativa de homicídio, tendo como vítima o seu próprio irmão de 25 anos.

  • 02/11/2018 18:13:34

    Padre na huíla critica desrespeito ao sagrado

    Lubango - O vigário-geral da Sé Catedral do Lubango, Pacheco Jonas Simão, criticou, hoje, a "banalização das coisas sérias" em que as pessoas, por exemplo, tratam os cemitérios sem respeito.