Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Setembro de 2018 | 17h02 - Actualizado em 12 Setembro de 2018 | 11h46

Empresário mata esposa e suicida-se no Lubango

Lubango - Um empresário de 46 anos de idade é suspeito de ter morto a esposa, de 43, com um tiro na nuca e depois se suicidado com a mesma arma com que praticou o crime, na madrugada desta terça-feira, diante dos filhos na sua residência no bairro da Machiqueira, no Lubango, província da Huíla.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo informou à Angop o porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional, superintendente-chefe Luís Filipe Zilungo, o crime terá ocorrido por eventuais desentendimentos entre o casal, que deixa sete filhos.

O Serviço de Investigação Criminal trabalha para apurar as reais causas da morte dos mesmos.

Assuntos Crime   Província » Huíla  

Leia também
  • 12/09/2018 09:59:59

    Duas pessoas morrem carbonizadas por negligência

    Lubango - Uma anciã de 80 anos de idade e uma menor de cinco morreram carbonizadas numa residência precária, no município de Caconda, na Huíla, por negligência, informou hoje, no Lubango, o porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, Inocêncio Hungulo.

  • 10/09/2018 17:31:13

    Menor de 11 anos violada por desconhecido em fuga no Lubango

    Lubango - Uma menor de 11 anos de idade foi violada sexualmente, numa residência no município do Lubango, domingo, por um indivíduo desconhecido e ainda em fuga, informou hoje, à Angop, o porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional da Huíla, inspector-chefe Luís Filipe Zilungo.

  • 08/09/2018 15:02:15

    Huíla: Identificado último cadáver de cidadão nacional morto no acidente ferroviário

    Lubango - O último corpo de um operário nacional, cuja idade se desconhece, que ainda estava por se identificar na morgue do Hospital Central do Lubango, na Huíla, foi neste sábado reconhecido pelos familiares.