Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Setembro de 2018 | 17h35 - Actualizado em 12 Setembro de 2018 | 17h35

Jovens serão capacitados em matéria de inteligência emocional

Luanda - Um protocolo de cooperação entre o Conselho Nacional da Juventude (CNJ) e a ONG Internacional Youth Fellowship (IYF) foi assinado, hoje (quarta-feira), em Luanda, com o objectivo de capacitar os jovens angolanos em matéria de inteligência emocional, no sentido de promover a consciência de liderança para o futuro.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Conselho Nacional da Juventude (CNJ) e International Youth Fellowhisp (IYF) assinam acordo de parceria

Foto: G/divulgação

A ONG sul – coreana, baseada na educação da mentalidade juvenil, pretende criar líderes com uma visão global através da educação dos jovens, desenvolvendo actividades que ajudam a um pensamento amplo em benefício de todos, bem como fornecer soluções realistas para problemas na aldeia global.  

Para o presidente do CNJ, João Tingão Mateus, o protocolo subscreve-se na prestação de serviço para o reforço das capacidades formativas dos jovens, não do ponto de vista académico e profissional, mas da inteligência emocional, uma vez que o novo paradigma nacional exige a necessidade de se continuar a emponderar os jovens com estruturas mentais mais fortes no sentido de melhor servir o país.

“Temos muitos jovens com grandes capacidades académicas e profissional, mas encontram dificuldades para se impôr a nível internacional e temos, neste protocolo,  a oportunidade para que Angola se agigante no contexto de crescimento e desenvolvimento internacional”, referiu.

Quanto a aplicabilidade do protocolo assinado, o mesmo se resumirá com a promoção de palestras, formação em matéria de competências psico-mentais, intercâmbios internacional e promoção de línguas, no sentido de educar a juventude a liderança.

Em declarações à Angop, o director geral da ONG sul-coreana Internacional Youth Fellowship para Angola, Jeong Won Oh, considerou que a ONG pretende desenvolver este projecto com a CNJ, para que os jovens angolanos possam vislumbrar um futuro melhor que passa sobretudo por uma educação de inteligência emocional, para que tenham uma mentalidade forte.

“Foi isso que aconteceu na Coreia do Sul quando eramos pobres, por isso, pretendemos passar a nossa experiência e sabedoria”, referiu.

A Internacional Youth Fellowship (IYF) começou a trabalhar em Angola desde 2017, no sentido de educar a juventude a liderança e promover um ambiente de intercâmbio internacional.

Assuntos Juventude  

Leia também