Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

10 Setembro de 2018 | 23h12 - Actualizado em 10 Setembro de 2018 | 23h12

Quinhentos ex-militares iniciam curso de Polícia de Ordem Pública

Cacuso - Quinhentos ex-efectivos das Forças Armadas Angolanas (FAA) iniciaram hoje, segunda-feira, no Centro de Formação Regional Norte da Polícia Nacional, no município de Cacuso, o 17° curso básico de polícia da ordem pública, no âmbito do novo processo de admissão, consubstanciado na transição.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O curso, primeiro do género com duração de seis meses, vai ministrar entre outras matérias, medidas de ordem e segurança pública, técnicas e tácticas policiais, ética e deontologia policial e perfil de saída dos agentes.

Falando na abertura da acção formativa, o director do centro, Estâncio Ginje, ressaltou que o sucesso da acção formativa reside na preparação, conhecimento e cumprimento rigoroso das leis do país e das normas que regem o órgão.

Por isso, exigiu os instruendos a pautar pelo empenho, destreza, espírito de abnegação e amor à pátria, com vista a contribuir na manutenção da ordem e tranquilidade públicas.

Por outro lado, Estâncio Ginje informou que o centro dispõe de condições propícias para a execução de procedimentos técnico-tácticos, que permitam a formação de efectivos capazes de assegurar a inviolabilidade da lei.

Os 500 formandos vão reforçar os distintos órgãos da Polícia Nacional.

Com capacidade para 500 instruendos, o Centro de Formação Básica Regional Norte da Polícia Nacional foi erguido em 2014, mas este ano acolhe o primeiro curso, a 17ª edição de formação policial do país.

Leia também
  • 08/11/2018 17:46:00

    Responsável sugere cooperativas numa única entidade

    Ndalatando - A necessidade da criação de uma única entidade que congregue todos os ramos do cooperativismo para melhor organização e defesa dos seus direitos foi defendida, hoje (quinta-feira), em Ndalatando, Cuanza Norte, pela vice-presidente da Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agropecuárias de Angola (Unaca), Ricardina Machado.

  • 08/11/2018 17:31:48

    APROSOC facilita registo de 400 menores de cinco anos

    Luena - Quatrocentas menores vulneráveis, de cinco anos de idade, da comuna do Lucusse, província do Moxico, beneficiaram, de Julho até a presente data, de registo de nascimento gratuito e vacinas contra o tétano e a pólio, no âmbito do Projecto de Apoio à Protecção Social (APROSOC).

  • 08/11/2018 17:24:09

    Anciã morre por Descarga atmosférica no Cuvango

    Cuvango - Uma anciã de 75 anos de idade morreu, quarta-feira, vítima de descarga atmosférica, no município do Cuvango, província da Huíla, informou hoje, quinta-feira, no Lubango, o porta-voz do Comando Provincial dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiro, Inocêncio Hungulo.

  • 08/11/2018 17:15:30

    Paz exercício de soberania e segurança - diz responsável

    Luanda - A construção da paz é um exercício de soberania e de segurança nacional, por constituir a base para a defesa e preservação do bem comum, cujo objectivo fundamental deverá ser dotado as crianças e adultos, considerou hoje, quarta-feira, em Luanda, o director-geral da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), João de Deus.