Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Outubro de 2018 | 13h41 - Actualizado em 12 Outubro de 2018 | 13h40

Autoridades tradicionais clamam por serviços sociais básicos

Kamucuio - As autoridades tradicionais do município do Camucuio, província do Namibe, clamam pela colocação dos serviços sociais básicos para a melhoria da qualidade de vida das populações.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Namibe: Serra das neves no Camucuio, população abre caminho para melhor circulação da via

Foto: Frederico Herculano

A inquietação foi manifestada hoje sexta-feira, à Angop, pelo soba da localidade da Serra das Neves, Munhongo Walaula, que apontou algumas dificuldades concernentes, a melhoria das vias de acesso para facilitar o escoamento dos produtos do campo para  cidade, a construção de escolas, postos de saúde e lojas comerciais.

Falando em nome da comunidade no encontro mantido com o governador da província do Namibe, Carlos da Rocha Cruz, apontou a necessidade da construção de um posto de saúde  e colocação de uma ambulância nesta localidade da Serra das Neves, para evacuação dos pacientes para o município sede,  pois actualmente os doentes são transportados por tipóias num percurso que leva 10 horas de caminhada devido ao mau estado das estradas.

Neste encontro, o soba explicou ao governante, que a comunidade carece de uma escola construída de raiz para albergar mais de cem alunos do ensino primário, que actualmente estudam em salas precárias, residências professores e enfermeiros e farmacos.

Em jeito de resposta, o governante, garantiu que as preocupações serão resolvidas paulatinamente, tão logo haja disponibilidade financeira, tendo apontado a crise financeira actual como sendo uma das causas para a paralisação da execução de inúmeros projectos que muito poderiam beneficiar as populações, sobretudo, as do interior da província.

Carlos da Rocha Cruz  garantiu ainda nos próximos dias enviar uma equipa técnica para fazer o levantamento do projecto para construção de um tanque de água e de uma lavandaria.

Agradeceu o esforço da população no trabalho de abertura da picada de acesso a Serra das Neves, num percurso de 24 quilómetros, facilitando assim a circulação de pessoas e bens.

“Anteriormente para chegarmos a Serra das Neves era necessário usarmos avionetas, hoje podemos temos a via aberta e isto vai nos ajudar a colocar alguns serviços sociais nos próximos dias”, acrescentou.

Apelou ainda a população a conservar o único aeródromo onde tem aterrado helicópteros e avionetas ao serviço da Polícia Nacional e outros órgãos, a não fazerem nenhum tipo de construção.

A Serra das Neves é uma zona turística com um ponto mais alto de altitude com 1.889 metros e conta com mais de três mil habitantes, na sua maioria pequenos camponeses e criadores de animais como, bovino, caprino, suíno e aves.

Assuntos Província » Namibe  

Leia também
  • 11/10/2018 17:23:14

    Sociólogo apela à denúncia de actos de vandalismo no Namibe

    Moçamedes - As autoridades tradicionais e a população devem denunciar todos aqueles actos de vandalismo contra os bens públicos que nos últimos dias tem se registado com muita frequência no país, em particular no Namibe, apelou hoje, quinta-feira, na cidade de Moçamedes, o sociólogo Pedro Catumbela.

  • 11/10/2018 11:38:33

    Kamucuio completa hoje 101 anos desde a sua fundação

    Kamucuio - O município do Kamucuio completa hoje, quinta-feira, cento e um anos desde a sua ascensão, a 11 de Outubro de 1917, à categoria de vila, ao abrigo da portaria número 155 do então governador português do distrito de Moçamedes.

  • 08/10/2018 21:57:02

    Oficial da Polícia exige maior dinamismo do efectivo

    Moçâmedes - O segundo comandante provincial da Polícia Nacional do Namibe, subcomissário Fernando António, exigiu hoje, segunda-feira, na cidade de Moçâmedes, maior empenho e dinamismo do efectivo da corporação para manter a segurança e tranquilidade na circunscrição.