Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Outubro de 2018 | 13h43 - Actualizado em 12 Outubro de 2018 | 13h43

Dificuldades de habitação e emprego angustiam jovens na Lunda Sul

Saurimo - A falta de habitação condigna, emprego, falta de apoio a pessoas com deficiência física e o acesso fácil ao ensino superior, foram dentre vários problemas apresentados hoje, sexta-feira, pelos jovens e associações filantrópicas, em Saurimo (Lunda Sul) durante o fórum de auscultação desta franja da sociedade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Lunda Sul: Participantes no encontro de Auscultação

Foto: ANGOP

No encontro dirigido pelo governador Daniel Félix Neto, os jovens manifestaram a sua preocupação, pelo facto de haver muitas restrições no fornecimento de energia eléctrica e água potável, bem como por serem obrigados a pagar o que não consomem, por este facto, solicitam a intervenção do governo para inverter o quadro.

A associação dos deficientes solicita a construção de rampas nas instituições públicas e privadas, acesso gratuito aos autocarros públicos, bem como acesso directo as instituições superiores, porque devido as mais diversas deficiências, não conseguem atingir rapidamente tais desideratos.

Em resposta, Daniel Neto, afirmou que o governo tudo fará para satisfazer as necessidades da população, bem como daquelas ligadas à vida da juventude, tendo explicado que será implementado vários projectos como de habitação, construção de mais escolas e hospitais, para oferecer melhores condições de vida que se exige.

Sublinhou que todos os problemas auscultados serão solucionados e a posteriormente executados de acordo a sua prioridade, mas para tal, solicitou apoio e contribuições de toda sociedade, para a efectivação dos programas a traçar.

No encontro participaram mais de 800 pessoas, dentre estudantes universitários, médios, moto taxistas e várias sensibilidades do município de Saurimo.

Leia também
  • 08/11/2018 17:46:00

    Responsável sugere cooperativas numa única entidade

    Ndalatando - A necessidade da criação de uma única entidade que congregue todos os ramos do cooperativismo para melhor organização e defesa dos seus direitos foi defendida, hoje (quinta-feira), em Ndalatando, Cuanza Norte, pela vice-presidente da Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agropecuárias de Angola (Unaca), Ricardina Machado.

  • 08/11/2018 17:31:48

    APROSOC facilita registo de 400 menores de cinco anos

    Luena - Quatrocentas menores vulneráveis, de cinco anos de idade, da comuna do Lucusse, província do Moxico, beneficiaram, de Julho até a presente data, de registo de nascimento gratuito e vacinas contra o tétano e a pólio, no âmbito do Projecto de Apoio à Protecção Social (APROSOC).

  • 08/11/2018 17:24:09

    Anciã morre por Descarga atmosférica no Cuvango

    Cuvango - Uma anciã de 75 anos de idade morreu, quarta-feira, vítima de descarga atmosférica, no município do Cuvango, província da Huíla, informou hoje, quinta-feira, no Lubango, o porta-voz do Comando Provincial dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiro, Inocêncio Hungulo.

  • 08/11/2018 17:15:30

    Paz exercício de soberania e segurança - diz responsável

    Luanda - A construção da paz é um exercício de soberania e de segurança nacional, por constituir a base para a defesa e preservação do bem comum, cujo objectivo fundamental deverá ser dotado as crianças e adultos, considerou hoje, quarta-feira, em Luanda, o director-geral da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), João de Deus.