Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Outubro de 2018 | 13h32 - Actualizado em 11 Outubro de 2018 | 13h32

Elisal sem contentores suficientes para recolha de lixo no Cazenga

Cazenga - A Empresa de Limpeza e Saneamento de Luanda (Elisal) enfrenta alguns constrangimentos operacionais, por falta de contentores de lixo em alguns pontos do município do Cazenga, em Luanda, disse director de operações da empresa, Isidro Bandeira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Questionado pela Angop, sobre a inexistência  de contentores  na via pública, o responsável disse que o Conselho da administração da Elisal está a trabalhar  para aquisição  de novos contentores de lixo que deverão ser colocados ao longo da 5 avenida e Hoji ya Henda.

Admitiu que a falta de contentores tem causado grandes transtornos na recolha dos resíduos sólidos.

Adiantou no entanto que a Elisal vai continuar a manter a limpeza e saneamento da municipalidade, mesmo com as dificuldades que enfrenta, porque a colaboração e a satisfação dos munícipes é positiva, pois têm depositado o lixo nos locais indicados.

Isidro Bandeira explicou que um levantamento está a ser feito, junto da direcção municipal da educação, para aferir o número de escolas existentes na municipalidade para que a recolha do lixo seja feita regularmente e sem constrangimentos.

Quanto a recolha dos resíduos hospitalares da classe A, fez saber que não ? responsabilidade da Elisal, as instituições devem ter contrato com empresas para a sua incineração.

A Elisal ? a empresa responsável na limpeza e recolha dos resíduos sólidos em toda a extensão do município do Cazenga.

Leia também
  • 02/02/2019 13:06:34

    Chuva alaga ruas e mais de 700 residências em Luanda

    Luanda - Setecentas e 11 residências inundadas, algumas escolas, centros e postos médicos alagados, assim como ruas intransitáveis, mas sem o registo de vítimas humanas, são o resultado da chuva que caiu durante sete horas na sexta-feira (1), na província de Luanda, segundo dados provisórios divulgados hoje, sábado.

  • 01/02/2019 23:36:45

    Deputados da UNITA sugerem aumento dos postos de identificação

    Luanda - Deputados do grupo parlamentar da Unita manifestaram-se preocupados, face as enchentes que se registam nos postos de Identificação Civil e Criminal no município de Viana, em Luanda, e sugerem o aumento de mais serviços para se atenuar a demanda.

  • 31/01/2019 13:37:17

    Maior parte dos incêndios é causado por negligência

    Luanda - Cinquenta e um incêndios dos 72 registados, em Luanda, durante o mês de Janeiro deste ano, foram provocados por negligência, menos cinco em relação ao mesmo período de 2018.

  • 31/01/2019 13:15:38

    PN detém oficial no Cazenga por suspeita de corrupção

    Luanda - A Polícia Nacional deteve, na última quarta-feira, 30, um sub-chefe pertencente à 12ª esquadra, no município do Cazenga, em Luanda, por alegado envolvimento em actos de corrupção.