Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Outubro de 2018 | 04h01 - Actualizado em 12 Outubro de 2018 | 03h10

Estudantes reconhecem vantagens da cooperação Angola e China

Luanda- Estudantes universitários destacaram quinta-feira, em Luanda, as vantagens da cooperação Angola e China, para a reconstrução e desenvolvimento socioeconómico do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à Angop, no encontro de reflexão entre o Conselho Provincial da Juventude da capital do país e os estudantes do Instituto Superior Politécnico Internacional de Angola (ISIA), sobre a ida do Presidente da República, João Lourenço, à China, os estudantes foram unânimes em dizer que o país tem estado a ganhar com esta cooperação.
 

Paulo Bernardo, estudante do 2º ano do curso de Relações Internacionais, disse que a China foi um dos primeiros países a "abraçar" Angola, depois do conflito armado, com vários projectos de grande envergadura, que continuam a dar outra imagem ao país e a referida província em particular.
 

"Temos novas estradas, hospitais, postos de saúde, foram igualmente construídas pontes, cidades e implementados serviços que estão a melhorar a vida dos angolanos", frisou
Maria Bernardo, do curso de Psicologia, adiantando que o surgimento de novos serviços no país deve-se a referida cooperação.
 

"Devemos preservar esta cooperação com a república da China e fazer mais acordos em vários projectos, por formas a contribuir no desenvolvimento do país", salientou.
 

Por seu turno, o estudante de Direito, Marcos Adérito, considerou a cooperação entre os dois países teve ao longo dos últimos anos resultados positivos e contribuiu para a reconstrução de diversas infra-estruturas sociais.
 

O docente universitário, Afonso Neto, salientou que o crescimento da economia e desenvolvimento da China são, para Angola e o mundo em geral, exemplos inspiradores, em que os resultados contribuem para a melhoria do nível de vida das populações, esperando-se, por isso, que o encontro empresarial promova mais parcerias.
 

"É uma visão que projecta o desenvolvimento sustentável com base na estratégia do Executivo angolano, mas que requer a participação de todos os angolanos e de todos os governos que detenham recursos e experiências”, enfatizou

Assuntos Estudantes  

Leia também
  • 20/07/2018 01:04:06

    Jovens do Cuanza Sul devem despertar espírito empreendedor

    Sumbe - Os jovens devem continuar a despertar o espírito empreendedor, constituindo uma oportunidade para a promoção do auto-emprego, defendeu nesta quinta-feira, no Sumbe, Província do Cuanza Sul, o representante da Repartição Municipal da Educação, Alfredo Manuel.

  • 09/01/2017 18:16:57

    Angola: Estudantes apresentam propostas para solução de problemas sociais

    Luanda - Quatro universidades públicas e privadas apresentaram hoje, segunda-feira, ao governador provincial de Luanda as suas propostas de projectos, entre as quais uma tendente a solucionar o problema das enchentes na bacia de retenção do coelho.

  • 17/05/2016 15:52:29

    Cuando Cubango: Responsável juvenil confirma progresso da província

    Menongue - O presidente provincial da Associação dos Estudantes do Ensino Médio na Huíla, Isidro Camunda, considerou nesta segunda-feira, que no Cuando Cubango o progresso económico é notório, fruto de projectos para o efeito.