Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

10 Janeiro de 2019 | 19h10 - Actualizado em 10 Janeiro de 2019 | 19h10

Estudos mostram mais de mil trabalhadoras de sexo no Bié

Cuito - Mil e 43 mulheres que ganham a vida praticando sexo em troca de dinheiro foram identificadas na província do Bié, principalmente nos municípios do Cuito e Chinguar, através de um estudo desenvolvido pelo Fórum Juvenil de Apoio a Saúde e Prevenção da Sida (FOJASSIDA).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada hoje, quinta-feira, à Angop na cidade do Cuito, pelo supervisor provincial do Programa de Luta Contra a Sida, Adelino Camato, durante a apresentação dos resultados do estudo, realizado de Julho a Setembro de 2018.

Referiu que o estudo contou ainda com apoio do Gabinete Provincial da Saúde do Bié e da Organização Não Governamental (ONG) espanhola Tchikos, tendo salientado que durante as pesquisas foi ainda registada a existência de 68 homossexuais nas localidades do Cuito e Chinguar, respectivamente.

Fez saber que foram diagnosticados, no decorrer do estudo, 100 casos de doenças sexualmente transmissíveis como o VIH/SIDA, sífilis, gonorreia, clamídia anal e hepatite B.

Abordada pela Angop sobre o assunto, a directora do provincial do Gabinete da Acção social, Família e Igualdade do Género no Bié, Deolinda Gonçalves, disse que o sector que dirige tem promovido acções formativas técnico-profissionais para essa franja da população.

Essa medida, ressaltou, visa inserir essas mulheres no mercado de trabalho, para garantirem o seu sustento de maneira mais digna.

"Muitas destas mulheres entram para o mundo da prostituição por falta de emprego", afirmou.

Por sua vez, o sociólogo Nelson Cacungula reprovou esta prática por ser ilícita e ser uma actividade de risco, apesar de reconhecer estar a ganhar espaço nas comunidades, devido a pobreza das pessoas.

A província do Bié possui uma população estimada em um milhão 455 mil e 255 habitantes distribuídos pelos municípios do Andulo, Nharêa, Cunhinga, Cuito, Camacupa, Catabola, Cuemba, Chitembo e Chinguar.

Assuntos Província » Bié   Sociedade  

Leia também
  • 05/02/2019 17:25:45

    Escolas de condução de Malanje sem equipamento multimédia

    Malanje - As escolas de condução da província de Malanje carecem de equipamento multimédia para as aulas e os exames teóricos de condução, sistema que facilita o trabalho dos instrutores, assim como garante mais destreza e conhecimento aos alunos.

  • 05/02/2019 16:24:27

    Jovens beneficiam de formação em artes e oficios no Cuito

    Cuito - Trezentas raparigas serão matriculadas na segunda acção formativa a ser promovida pela Igreja Evangélica de Angola (IECA), no Bié, com a inclusão dos cursos de decoração e corte e costura.

  • 05/02/2019 16:06:23

    Militar das FAA morto a tiro na Matala

    Matala - Um militar das Forças Armadas Angolanas (FAA), de 37 de anos de idade, afecto ao Batalhão de Logística, foi morto a tiro, domingo (3), por meliantes ainda não identificados, no bairro Calumbiro, no município da Matala, província da Huíla.

  • 04/02/2019 22:16:51

    Associação planta mais de 600 árvores na Banga

    Banga - Pelo menos 650 espécies de árvores ornamentais e fruteiras foram plantadas esta segunda-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, numa acção da associação dos naturais e amigos da localidade, Anabanga.