Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Janeiro de 2019 | 21h16 - Actualizado em 11 Janeiro de 2019 | 21h16

Malanje: Detido falso Procurador em Cacuso

Malanje - O comando municipal da polícia nacional em Cacuso,província de Malanje, deteve hoje (sexta-feira), naquela localidade, o cidadão André João que se fazia passar por Procurador-Geral da República, destacado na circunscrição, anúncio o comandante da corporação, superintendente João Vunda Zua "Sancara".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O cidadão de 40 anos, exibia passe da procuradoria-geral da República e exercia ilegalmente actividade no município de Cacuso, há mais de um ano, recebendo valores monetários de pessoas com falsa garantia de dar solução aos processos de soltura dos seus familiares em conflito com a lei.

João Vunda Zua disse que o cidadão em causa, detido no âmbito da Operação Resgate, é reincidente, pois em 2017, já esteve a contas com a justiça por se fazer passar de  agente dos Serviços de Migração Estrangeiro (SME).

O mesmo, informou o superintendente, já está sob responsabilidade do Ministério Público para os devidos efeitos legais.

O falso procurador, André João, disse que cometia tal crime para garantir o auto-sustento, pois não tinha outra solução, tendo reconhecido que burlou muita gente a nível dos municípios de Cacuso e Malanje.

Por outro lado, João Vunda Zua "Sancara" fez saber que as forças policiais dos Serviços de Investigação Criminal(SIC) e outras destruíram três lavras de estupefaciente, vulgo liamba, com três mil plantas, com a detenção de nove elementos, como presumíveis actores.

Indicou ainda que o Comando Municipal da Polícia Nacional de Cacuso recuperou diversos meios roubados como computadores, colchões, motorizadas e máquinas fotocopiadoras, durante o período de 01 de Janeiro ate à data actual.

Os crimes mais frequentes no município de Cacuso são ofensas corporais, cultivo, uso e posse de estupefaciente.

Leia também
  • 11/01/2019 20:25:27

    Malanje: Mais de dez igrejas ilegais encerradas

    Malanje - Doze igrejas ilegais foram encerradas e 51 estabelecimentos comerciais, sem condições exigidas, entre cantinas, oficinas, farmácias e padarias, suspensas temporariamente, pelas autoridades na província de Malanje, de sete de Dezembro de 2018 a sete Janeiro de 2019, no âmbito da Operação Resgate.

  • 11/01/2019 20:09:07

    Camponês sobrevive ataque de jacaré na Catumbela

    Lobito - Um camponês, de 52 anos de idade, sobreviveu, quinta-feira, a um ataque de jacaré junto ao rio Catumbela, na província de Benguela, informou o porta-voz do do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros da circunscrição, Eduardo dos Santos.

  • 11/01/2019 18:07:16

    Governador quer apoio das autoridades tradicionais no investimento privado

    Ndalatando - As autoridades tradicionais do município do Cazengo, província do Cuanza Norte, foram exortados hoje, sexta-feira, na cidade de Ndalatando, pelo governador local, Adriano de Carvalho, a apoiar o investimento privado canalizado para a região.