Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

24 Janeiro de 2019 | 12h04 - Actualizado em 29 Abril de 2019 | 22h06

Apenas 25 por cento da população do Huambo possui BI

Huambo - Cerca de 500 mil cidadãos, dos dois milhões e 319 mil habitantes da província do Huambo, possui o Bilhete de Identidade, representando apenas 25 porcento.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada hoje,  à Angop, pelo delegado da Justiça e dos Direitos Humanos do Huambo, Ernesto Estevão Pedro, ao referir que os referidos cidadãos trataram e receberam os seus  BI deste a informatização dos Serviços de Identificação Civil e Criminal no país, a 30 de Outubro de 2001 até o final de 2018.

De acordo com o responsável, a cifra está aquém das expectativas, que era de atingir nos últimos 17 anos, metade da população da província.

Apontou a falta de serviços de identificação civil e criminal em alguns municípios da província, assim como a insuficiência de meios como condicionantes que impossibilitam a obtenção do documento por mais cidadãos.

Informou que dos 11 municípios da província, apenas sete possuem os serviços de identificação, entre os quais, o Huambo, com três repartições, Caála e Bailundo, Londuimbali, Ucuma, Caála e Ecunha, todos com um cada, perfazendo um total de nove postos em toda extensão da região planáltica do país.

Contudo, assegurou que esforços a nível local  e ministerial estão a ser envidados para que as localidades que ainda não dispõem de postos de identificação civil sejam abrangidas.

No seu entender, a municipalização dos serviços do sector vai permitir que ali onde os cidadãos estiverem sejam devidamente identificados e obtenham o seu bilhete de identidade, sem necessidade de se deslocarem para outras zonas, muitas vezes com custo de transportação avultados.

Leia também
  • 29/04/2019 18:22:55

    Reintegração dos Khoisans em análise no Cuando Cubango

    Menongue - A contínua reintegração social da comunidade Khoisan nas províncias do Cuando Cubango, Cunene e da Huíla reúne, esta terça-feira, em Menongue, responsáveis destas regiões com a finalidade de traçarem novas estratégias.

  • 29/04/2019 18:12:16

    Acidentes causam nove mortes na Huíla

    Lubango - Nove pessoas morreram e outras 26 ficaram feridas em consequência de nove acidentes de viação ocorridos no fim-de-semana na província da Huíla, sete óbitos a mais que em igual período anterior.

  • 28/04/2019 19:29:18

    Juventude deve participar no desenvolvimento de Malanje

    Malanje - O governador de Malanje, Norberto dos Santos “ Kwata Kanawa”, solicitou neste sábado, no projecto hidroeléctrico de Laúca, no município de Cacuso, o envolvimento activo da juventude no processo de implementação dos projectos sociais e económico da província, que visam impulsionar o desenvolvimento.

  • 28/04/2019 19:12:08

    IGT quer empresas a investir no seguro contra acidentes de trabalho

    Malanje - A Inspecção Geral do Trabalho (IGT), em Malanje, encoraja as empresas a encarar o seguro contra acidentes de trabalho como um investimento e não como custo, tendo em atenção as vantagens que as organizações têm relativamente a cobertura dos encargos decorrentes de acidentes de serviço.