Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

22 Janeiro de 2019 | 21h29 - Actualizado em 23 Janeiro de 2019 | 07h47

Calemas preocupam munícipes do Porto Amboim

Sumbe - Os membros do Conselho Municipal de Auscultação do Porto Amboim, província do Cuanza Sul, solicitaram, nesta terça-feira, ao governador provincial, uma intervenção profunda na orla marítima, para estancar as calemas que assolam a costa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Calemas no Porto Amboim (foto arquivo)

Foto: angop

A preocupação foi manifestada durante um encontro que o governador Job Castelo Capapinha manteve com os membros do Conselho,  na sua primeira visita ao município do Porto Amboim, para auscultar os principais problemas dos habitantes.  

No encontro, os munícipes manifestaram-se também preocupados com o estado de degradação dos sectores da Saúde, Educação e Direitos Humanos e solicitaram a reparação de estradas e infraestruturas.

Solicitaram ainda ao governo a apostar mais nos sectores da Agricultura, Agro-pecuária e Pescas, visto que o município é extremamente forte nestes ramos.

Após o encontro, Job Capapinha, acompanhado pelo administrador municipal do Porto-Amboim, José do Espírito Santos, visitou a escola do 2º ciclo do bairro do Medungue, as valas de drenagem, a empresa pesqueira Peskwanza,  empresa portuária local e as empresas  que prestam serviços ao sector  petrolífero,  Painal e Herema.

Quarta-feira, último dia visita ao Porto Amboim, Job Capapinha prevê deslocar-se ao hospital municipal,  a empresa de tratamento de água da ponte do rio Gonga, ao terreno para a construção de um novo hospital e as casas evolutivas.

Acompanham o governador ao município do Porto-Amboim, directores, delegados provinciais, assessores e directores do seu gabinete.

Fazem parte do Conselho Municipal de Auscultação do município do Porto Amboim autoridades tradicionais, associações juvenis e empresários locais.

Leia também