Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

01 Fevereiro de 2019 | 23h23 - Actualizado em 01 Fevereiro de 2019 | 23h23

Inspectora-geral do MININT quer uma polícia mais pedagógica

Saurimo - A inspectora-geral do Ministério do Interior (MININT), Margarida Jordão de Barros, reiterou hoje, sexta-feira, em Saurimo (Lunda Sul), a necessidade dos efectivos da Polícia Nacional serem mais pedagógicos nas suas actuações na via pública, evitando actos que comprometam o órgão.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A responsável do Ministério do Interior, que já trabalha há dois dias na região, teceu tais considerações durante a parada geral com cerca de 300 efectivos, em representação das demais forças da ordem e tranquilidade pública, tendo afirmado que só com estas acções será possível educar automobilistas e transeuntes.

Durante a sua explanação, pediu ainda aos efectivos para manterem uma postura serena e responsável, evitando arrogância diante dos cidadãos, bem como aos superiores hierárquicos para que mantenham a autoridade, repreendendo e contrapondo quaisquer situações anormal que contrariam a ordem e a disciplina interna.

Margarida de Barros disse que, para tal, devem primordialmente os superiores hierárquicos serem exemplares, promovendo o resgate dos valores morais e éticos na corporação, para que os mais jovens que ingressam pela primeira vez os tenham como modelos.

No capítulo do enquadramento de efectivos novos, chamou a atenção para a necessidade de se avaliar correctamente o perfil dos candidatos e saber de onde vêm, para que os mesmos possam passar por uma formação coesa e harmoniosa.

Mostrou-se ainda preocupada com as expulsões de quadros da corporação, por apresentarem más condutas e outras práticas menos abonatórias para a boa imagem do órgão, tendo afirmado que devia se encontrar outros mecanismos, como a sua reeducação e incentivá-los a praticarem o bem, entro dos limites da proporcionalidade.

A jornada da visita da Inspectora-geral à Lunda Sul reserva encontros com a associação da Mulher Polícia, visitas aos estabelecimentos do órgão e encontros separados com o governador, Daniel Félix Neto, e membros da Procuradoria Geral da República.

Leia também
  • 05/02/2019 16:06:23

    Militar das FAA morto a tiro na Matala

    Matala - Um militar das Forças Armadas Angolanas (FAA), de 37 de anos de idade, afecto ao Batalhão de Logística, foi morto a tiro, domingo (3), por meliantes ainda não identificados, no bairro Calumbiro, no município da Matala, província da Huíla.

  • 04/02/2019 23:03:02

    Aulas de alfabetização condicionadas por falta de energia eléctrica

    Muconda- A falta de energia eléctrica em Cambongo, comuna de Cassai Sul, município do Muconda (Lunda Sul), tem condicionado as aulas de alfabetização e a prestação de serviços de saúde no posto médico da localidade.

  • 04/02/2019 22:16:51

    Associação planta mais de 600 árvores na Banga

    Banga - Pelo menos 650 espécies de árvores ornamentais e fruteiras foram plantadas esta segunda-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, numa acção da associação dos naturais e amigos da localidade, Anabanga.

  • 04/02/2019 17:52:09

    Serviços de saúde mais próximo dos habitantes de Ngola Luije

    Malanje - Um centro de saúde, com serviços de pediatria, medicina, pré-natal e parto, foi inaugurado hoje (segunda-feira), na comuna de Ngola Luije, município de Malanje, visando aproximar os serviços sanitários à população.