Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

04 Fevereiro de 2019 | 17h54 - Actualizado em 04 Fevereiro de 2019 | 17h54

Central híbrida do Londuimbali em fase experimental

Londuimbali - Duzentos e 50 quilowatts de energia eléctrica estão a ser produzidos em regime experimental, desde a semana passada, pela central híbrida do município do Londuimbali, na província do Huambo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O facto foi dado a conhecer hoje, em declarações à ANGOP, pelo assessor do projecto de construção do empreendimento, David Gomes, no final de uma visita de constatação realizada pelo vice–governador da província do Huambo para os serviços técnicos e infra–estruturas, Leonardo Sapalo.

Segundo ele, estão a beneficiar-se de energia eléctrica 2500 moradores da vila do município e bairros periféricos, um número que deverá aumentar até ao final do mês, tendo em conta a disponibilidade de energia que está a ser produzida.

Confirmou, também, que a fase experimental durará um mês, pelo menos, tempo necessário para que os trabalhos de instalação da central híbrida, iniciados em 2017, sejam definitivamente concluídos.

Nesta fase, explicou David Gomes, a energia está a ser distribuída pelas linhas de baixa tensão, por estarem a ser ultimados os trabalhos de montagem das linhas de média e alta tensão.

Com uma capacidade para gerar cinco megawatts de energia, o equipamento, erguido em um ano e seis meses, vai igualmente a melhor a iluminação pública na vila do município e arredores.

Na central foram colocados dois mil painéis solares e quatro geradores, com capacidade de 75 kvas cada um, e duas cabines de controlo. O sistema solar vai gerar dois megawatts, enquanto o térmico produzirá três.

Actualmente, com o gerador de 500 kaveareas, apenas 355 famílias residentes na vila do Londuimbali têm acesso à energia eléctrica, durante seis horas por dia, dos 43 mil agregados familiares controlados na circunscrição.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 04/02/2019 17:52:03

    Município do Huambo ganha equipamentos sociais

    Chipipa - Uma escola e um sistema de rega foram inaugurados hoje, segunda-feira, no município do Huambo, província com o mesmo nome, no quadro das comemorações do 58º aniversário do início da Luta de Libertação Nacional.

  • 02/02/2019 19:37:25

    Estudantes do ISP doam bens ao Lar Suku-Ondjali

    Caála - Estudantes do curso de pós-graduação em saúde do Instituto Superior Politécnico do município da Caála, província do Huambo, doaram hoje, bens de primeira necessidade e medicamentos ao lar de acolhimento infantil Suku-Ondjali.

  • 02/02/2019 00:45:55

    Energia eléctrica produzida em Laúca chega este ano ao Huambo

    Huambo - A província do Huambo vai passar a consumir, ainda este ano, energia eléctrica produzida na barragem hidro-eléctrica de Laúca, na província de Malange, anunciou, sexta-feira, o administrador regional da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade, Manuel de José Adão.