Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

05 Fevereiro de 2019 | 12h13 - Actualizado em 05 Fevereiro de 2019 | 12h12

Hospital missionário ganha novos espaços

Ondjiva - Um centro de tratamento de tuberculose, uma morgue e sete casas para médicos, do tipo T1 e T2, construídos de raíz, afecto ao hospital missionário do Chiulo, no município de Ombadja, província do Cunene, foram inaugurados segunda-feira, pelo governador local, Virgílio Tyova.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cunene: vista parcial da sede do município de Ombadja.

Foto: Arquivo

A unidade hospitalar, criada a 10 de Abril de 1953, beneficiou também de melhorias nas áreas dos serviços de maternidade, bloco operatório, pediatria e no laboratório de análises clínicas.

O centro de tratamento para doentes de tuberculose dispõe de 35 camas e salas de tratamento para homens e mulheres, enquanto a morgue tem 12 gavetas.

As melhorias constam do programa de reabilitação e ampliação da unidade hospitalar e orçou ao cofre do Estado 333 milhões, 541 mil e 526 Kwanzas.

A unidade sanitária, localizada na povoação do Chiulo, município de Ombadja, atende cidadãos de várias partes da província do Cunene e na região sul do país, já foi considerada a segunda de referência na região sul de Angola durante o período do conflito armado.

O hospital missionário do Chiulo já teve intervenções de melhorias infra-estruturais no ano de 2014, e actualmente dispõe de 214 camas e atende serviços de medicina geral, pediatria, cirurgia, análises clínicas e maternidade.

Na ocasião, o governador do Cunene, Virgílio Tyova, disse que o governo está atento as enúmeras necessidades da população e a melhoria da assistência médica se impõe, daí a intervenção no hospital missionário do Chiulo para garantir a qualidade de saúde da população.

O acto foi inserido nos festejos dos 58 anos do início da Luta Armada de Libertação Nacional, assinalado segunda-feira (4 de Fevereiro).

O municipio de Ombadja, 96 quilômetros a Norte de Ondjiva, capital da província do Cunene, possui uma população estimada em 290 mil e 77 habitantes distribuidos em cinco comunas e 56 aldeias.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 31/01/2019 17:46:22

    Responsável aponta medidas para reduzir impacto da seca no Cunene

    Ondjiva - O desassoreamento dos rios, construção de canais de irrigação e chimpacas são algumas das soluções indicadas pelo director provincial em exercício do Gabinete do Ambiente do Cunene, Tchingungo Contreiras, para minimizar o impacto da seca que regulamente afecta a circunscrição.

  • 29/01/2019 13:28:09

    Seca no Cunene requer soluções imediatas

    Ondjiva - A situação da seca na província do Cunene requer soluções concretas e imediatas para acudir à população afectada pela carência de água, referiu hoje, terça-feira, o ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, em Ondjiva.

  • 29/01/2019 12:38:48

    Governo assegura apoio alimentar às pessoas afectadas pela seca

    Ondjiva - Duzentas e 84 mil e 780 pessoas na província do Cunene afectadas pela seca vão beneficiar, dentro de dias, de assistência alimentar, anunciou hoje, terça-feira, em Ondjiva, o Secretário de Estado para Acção Social, Lúcio do Amaral.