Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

17 Fevereiro de 2019 | 20h06 - Actualizado em 18 Fevereiro de 2019 | 08h28

Bombeiros removem cadáveres por afogamento

Ondjiva - Dois corpos, de uma criança de 12 anos e um jovem de 18 anos de idade, afogados em chimpacas (pequenas represas) do município do Curoca e Namacunde, foram removidos nos últimos sete dias, pelo Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, província do Cunene.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo uma nota do órgão do Ministério do Interior, enviado hoje, domingo, à Angop, as vítimas estavam a banhar, mas, por descuido e falta de habilidade de nadar, acabaram por falecer. O facto foi alertado pela população que denunciou as autoridades locais para a remoção dos cadáveres.

No mesmo período, foram registados duas mortes por descarga eléctrica atmosférica, de um menor de 14 anos de idade, na localidade Omwandi, município de Namacunde e um adulto de 40 anos, na área de Oshihunga, no Cuanhama.

Em relação os incêndios, ocorreram dois de médias e pequenas proporções no mercado informal do Shomukuiu e no bairro dos Castilho, em Ondjiva, tendo afectado um armazem de roupas e uma residência, o primeiro por causas não determinadas e o segundo por vazamento de gás butano.

Quanto ao trabalho profilático, realizaram-se 23 visitas de inspecção e vistorias em diferentes estabelecimentos comerciais e sociais da província, que permitiu ditar 47 medidas de prevenção e segurança contra riscos de incêndios.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 17/02/2019 12:04:49

    Desmantelado grupo de marginais "Kaquinhentos"

    Ondjiva - Um grupo de supostos marginais, denominados "Kaquinhentos" que se dedicava ao crime de roubo e assaltos a residências nos bairros do Caculuvale, Cafitu e Onahumba, arredores de Ondjiva, Cunene, foi desmantelado pela Polícia Nacional, fruto de uma micro-operação realizada nos últimos sete dias.

  • 15/02/2019 18:51:21

    Moradores controlam riscos de calamidades naturais no Cunene

    Ondjiva - A província do Cunene vai contar, pela primeira vez, com 20 comités de gestão de risco contra calamidades naturais integrados por 30 moradores cada um, que terão a missão de informar às autoridades a probabilidade e focos de seca e cheias nas comunidades.

  • 13/02/2019 19:58:01

    Cunene com novos sistemas de alerta contra calamidades naturais

    Ondjiva - Seis novos sistema de alerta contra calamidades naturais serão instalados este ano, na província do Cunene, com vista antever e prevenir a população e as autoridades locais sobre eventuais ocorrências de cheias e secas na região.