Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Fevereiro de 2019 | 22h34 - Actualizado em 11 Fevereiro de 2019 | 23h44

Empresas públicas devem 15 milhões de kwanzas à empresa de águas

Huambo - As empresas públicas da província do Huambo devem 15 milhões de kwanzas à empresa de águas e saneamento local, por incumprimento do pagamento das taxas de consumo deste líquido.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi prestada hoje, segunda-feira, à ANGOP, pelo presidente do conselho de administração da empresa de águas, Adolfo Elias Gomes, confirmando que em breve será suspenso o fornecimento aos devedores.

Sem revelar o nome das instituições que não pagam o consumo da água, assumiu que a situação tem gerado enormes constrangimentos, uma vez que o dinheiro devia ser aplicado nas despesas correntes, entre as quais para manutenção dos sistemas de captação, tratamento e distribuição do precioso líquido.

Quanto aos consumidores particulares, o responsável enalteceu o bom comportamento dos mesmos, sobretudo nos últimos 10 meses, pelo facto de serem os mesmos a se deslocar aos postos de pagamento, ao contrário dos tempos passados em que os fiscais andavam de casa em casa a cobrar.

“Tirando a situação das empresas e, por sinal públicas, os clientes particulares ganharam consciência de pagar aquilo que consomem, razão pela qual não temos tido muitos problemas, apesar de ainda existirem alguns devedores”, enfatizou.

Na base de dados da empresa de águas e saneamento da província do Huambo estão cadastrados um total de 18 mil clientes, entre particulares e empresas públicas e privadas.

Leia também